Arquivo

Archive for the ‘Premiações’ Category

SAG 2011: Indicações comentadas

16 dezembro 2010 7 comentários

Que dia bizarro para indicações ao SAG! Olha só o que fizeram com as categorias:

Cinema –

ELENCO: Black Swan / The Fighter / The Kids Are All Right / The King’s Speech / The Social Network
Essa categoria tem a tendência de não necessariamente honrar bons trabalhos de elenco, e sim de tentar corresponder seus indicados com a categoria de Melhor Filme no Oscar. Como só vi “The Kids Are All Right” e “The Social Network”, me abstenho de atribuir méritos aos demais, mas desde já me oponho à esnobada do time de “Inception”: o filme não só tem sólidas performances individuais, mas seus atores funcionam em perfeição quando em conjunto, cada qual permitido a ter seu grande momento (tirando Ellen Page, mas vamos abstrair!).

ATRIZ: Annette Bening, THE KIDS ARE ALL RIGHT / Nicole Kidman, RABBIT HOLE / Jennifer Lawrence, WINTER’S BONE / Natalie Portman, BLACK SWAN / Hilary Swank, CONVICTION
Hilary Swank, que ficou com a última vaga – a única indefinida nessa categoria -, é a maior surpresa. Annette Bening, que já perdeu o Oscar para Hilary duas vezes antes, deve ter tido calafrios ao ver essa lista. Mas, se gostaram de “Conviction”, porque não indicaram o mais elogiado Sam Rockwell como coadjuvante?

ATOR: Jeff Bridges, TRUE GRIT / Robert Duvall, GET LOW / Jesse Eisenberg, THE SOCIAL NETWORK / Colin Firth, THE KING’S SPEECH / James Franco, 127 HOURS
Nada de inesperado, embora alguns – eu – confiassem numa indicação de Ryan Gosling, vide a onda de positivismo que tem rondado sua interpretação em “Blue Valentine”. No Oscar, devem permanecer esses cinco.

ATRIZ COADJUVANTE: Amy Adams, THE FIGHTER / Helena Bonham Carter, THE KING’S SPEECH / Mila Kunis, BLACK SWAN / Melissa Leo / THE FIGHTER / Hailee Steinfeld, TRUE GRIT
Esnobaram a veterana australiana Jacki Weaver e conferiram força muito maior à Mila Kunis, que já soma indicação ao SAG, Globo e Critics Choice Award, mais um troféu de revelação no festival de Veneza por “Black Swan” (ela esteve naquele filme “Ressaca de Amor”, com o Jason Segel, e é a voz de Meg em “Family Guy”). Complicou uma categoria que parecia fechada em Adams, Bonham Carter, Leo, Steinfeld (de apenas 13 anos) e Weaver.

ATOR COADJUVANTE: Christian Bale, THE FIGHTER / John Hawkes, WINTER’S BONE / Jeremy Renner, THE TOWN / Mark Ruffalo, THE KIDS ARE ALL RIGHT / Geoffrey Rush, THE KING’S SPEECH
O que mais chama a atenção é a ausência de Andrew Garfield por “Social Network”. Das maiores incongruências da premiação! Como dificilmente ele será esquecido pelo Oscar, Hawkes, Ruffalo e até Renner podem acabar ficando de fora. Categoria bem indefinida, considerando o estágio da competição.

TV –

ELENCO – DRAMA: Boardwalk Empire / The Closer / Dexter / The Good Wife / Mad Men
Gabaritei a categoria. Vejo as três últimas séries e, dentre essas, teria ignorado “Dexter” e a pior temporada do programa numa boa!

ATRIZ – DRAMA: Glenn Close, DAMAGES / Mariska Hargitay, LAW AND ORDER: SVU / Julianna Margulies, THE GOOD WIFE / Elisabeth Moss, MAD MEN / Kyra Sedgwick, THE CLOSER
Gabaritei novamente. Sem surpresas, absurdos ou atrocidades. Respeito à Glenn Close! E prêmio à Elisabeth Moss, faz favor.

ATOR – DRAMA: Steve Buscemi, BOARDWALK EMPIRE / Bryan Cranston, BREAKING BAD / Michael C. Hall, DEXTER / Jon Hamm, MAD MEN / Hugh Laurie, HOUSE
Parabéns, Louis. Acertou tudo novamente (tenho um feeling para drama!). Espero muito que Jon Hamm seja premiado. Esteve fantástico em todos os episódios da quarta temporada de “Mad Men”, com alguns espetáculos mais evidentes.

ELENCO – COMÉDIA: 30 Rock / Glee / Hot in Cleveland / Modern Family / The Office
Dentro do esperado. Apenas “Hot in Cleveland” ninguém viu chegando. Nessa última vaga, que estava em aberto, alguns tolos – eu – torciam por uma inclusão do fantástico elenco de “Community”. Não vou entender nunca porquê essa série não está no radar das premiações.

ATRIZ – COMÉDIA: Edie Falco, NURSE JACKIE / Tina Fey, 30 ROCK / Jane Lynch, GLEE / Sofia Vergara, MODERN FAMILY / Betty White, HOT IN CLEVELAND
A pior categoria de todo o SAG. Laura Linney e Toni Collette, atrizes conceituadíssimas em grandes trabalhos na TV (em “The Big C” e “United States of Tara”) foram esnobadas por uma indicação de prestígio à Betty White (amo a velhinha, mas tenha santa paciência!).

ATOR – COMÉDIA: Alec Baldwin, 30 ROCK / Ty Burrell, MODERN FAMILY / Steve Carell, THE OFFICE / Chris Colfer, GLEE / Ed O’Neill, MODERN FAMILY
Não deram indicação individual a Eric Stonestreet, o melhor do elenco de “Modern Family” (embora tenha ficado feliz por Ty Burrell, que tem tido bons momentos nessa segunda temporada). E, apesar de Chris Colfer estar recebendo e tirando de letra um material mais sério e dramático em “Glee”, nada justifica as indicações que tem caído no colo dele essa semana.

ATRIZ – MINISSÉRIE/TELEFILME: Claire Danes, TEMPLE GRANDIN / Catherine O’Hara, TEMPLE GRANDIN / Julia Ormond, TEMPLE GRANDIN / Winona Ryder, WHEN LOVE IS NOT ENOUGH / Susan Sarandon, YOU DON’T KNOW JACK
Winona, que era esperada a receber uma indicação ao Globo de Ouro e acabou preterida por Jennifer Love Hewitt, recebe um pouquinho de atenção. E, será que eles gostaram de “Temple Grandin”? Danes pode ensaiar o discurso.

ATOR – MINISSÉRIE/TELEFILME: John Goodman, YOU DON’T KNOW JACK / Al Pacino, YOU DON’T KNOW JACK / Dennis Quais, THE SPECIAL RELATIONSHIP / Edgar Ramirez, CARLOS / Patrick Stewart, MACBETH
Ok, acho que preciso ver “Carlos”.

Um doce pelo pensamento de vocês!

Categorias:Premiações

SAG 2011: Previsão dos indicados

15 dezembro 2010 2 comentários
Dando continuidade à temporada de premiações, o Sindicato dos Atores (Screen Actors Guild) anuncia amanhã os indicados ao seu prêmio, os SAG Awards. Conhecido pelo alto índice de coincidência com o Oscar (afinal, os atores são maioria entre os votantes da Academia), o SAG 2011 deve transcorrer mais ou menos assim:
.

Cinema -:


Outstanding Performance by a Male Actor in a Leading Role
* Jeff Bridges – True Grit
* Jesse Eisenberg – The Social Network
* Colin Firth – The King’s Speech
* James Franco – 127 Hours
* Ryan Gosling – Blue Valentine
.

Outstanding Performance by a Female Actor in a Leading Role
* Annette Bening – The Kids Are All Right
* Nicole Kidman – Rabbit Hole
* Jennifer Lawrence – Winter’s Bone
* Natalie Portman – Black Swan
* Michelle Williams – Blue Valentine

Outstanding Performance by a Male Actor in a Supporting Role
* Christian Bale – The Fighter
* Andrew Garfield – The Social Network
* Jeremy Renner – The Town
* Sam Rockwell – Conviction
* Geoffrey Rush – The King’s Speech

Outstanding Performance by a Female Actor in a Supporting Role
* Amy Adams – The Fighter
* Helena Bonham Carter – The King’s Speech
* Melissa Leo – The Fighter
* Hailee Steinfeld – True Grit
* Jacki Weaver – Animal Kingdom

Outstanding Performance by a Cast in a Motion Picture
* The Fighter
* Inception
* The Social Network
* The Town
* True Grit
.

TV -:


Outstanding Performance by a Male Actor in a Television Movie or Miniseries
* Kenneth Branagh – Wallander
* Dennis Quaid – The Special Relationship
* Ian McShane – Pillars of the Earth
* Al Pacino – You Don’t Know Jack
* Michael Sheen – The Special Relationship
.

Outstanding Performance by a Female Actor in a Television Movie or Miniseries
* Claire Danes – Temple Grandin
* Hope Davis – The Special Relationship
* Judi Dench – Return to Cranford
* Julia Ormond – Temple Grandin
* Susan Sarandon – You Don’t Know Jack

Outstanding Performance by a Male Actor in a Drama Series
* Steve Buscemi – Boardwalk Empire
* Bryan Cranston – Breaking Bad
* Michael C. Hall – Dexter
* Jon Hamm – Mad Men
* Hugh Laurie – House
.

Outstanding Performance by a Female Actor in a Drama Series
* Glenn Close – Damages
* Mariska Hargitay – Law and Order: SVU
* Juliana Margulies – The Good Wife
* Elisabeth Moss – Mad Men
* Kyra Sedgwick – The Closer

Outstanding Performance by a Male Actor in a Comedy Series
* Alec Baldwin – 30 Rock
* Ty Burrel – Modern Family
* Steve Carell – The Office
* Jim Parsons – The Big Bang Theory
* Eric Stonestreet – Modern Family

Outstanding Performance by a Female Actor in a Comedy Series
* Toni Collette – United States Of Tara
* Edie Falco – Nurse Jackie
* Tina Fey – 30 Rock
* Laura Linney – The Big C
* Jane Lynch – Glee

Outstanding Performance by an Ensemble in a Drama Series
* Boardwalk Empire
* The Closer
* Dexter
* The Good Wife
* Mad Men

Outstanding Performance by an Ensemble in a Comedy Series
* 30 Rock
* Glee
* Modern Family
* Nurse Jackie
* The Office

Indicados saem por volta do meio-dia de quinta-feira, anunciados por Rosario Dawson e Angie Harmon!

Categorias:Premiações

Globo de Ouro 2011: Indicações comentadas

14 dezembro 2010 4 comentários

Não entendo as críticas às indicações ao Globo de Ouro. Nós, “predictors”, estamos carecas de saber como esse prêmio funciona. Os votantes – jornalistas estrangeiros radicados em Hollywood – se consideram essenciais para o funcionamento da indústria e apreciam os mimos e paparicos que recebem dos estúdios durante a temporada. Nas indicações, privilegiam os astros aos atores, indicando, por vezes, trabalhos impronunciáveis. Também evidenciam um certo conservadorismo e uma predileção pelos filmes academistas, mesmo onde caberiam certas ousadias.

Em geral, Hollywood leva o prêmio em consideração porque, bem ou mal, o Globo de Ouro tem tradição e prestígio, premia tanto cinema como televisão (com categorias divididas em drama e comédia, para dar oportunidades a todos) e é receptivo aos novos talentos. Nada foge desse padrão na lista de 2009, cuja cota de absurdos não é pouca (filmes massacrados pela crítica, como “O Turista” e “Burlesque”, encontraram vaga entre os finalistas da caótica categoria Melhor Filme Musical ou Comédia) – mas, como já disse, nada disso é inesperado para o que o prêmio significa.

Das esnobadas, a maior foi à “Bravura Indômita”, o novo filme dos irmãos Coen, que, ao que parece, não foi visto pelos votantes a tempo (de qualquer forma, Jeff Bridges e a garota Hailee Stenfield devem recobrar as forças com o SAG e chegar ao Oscar com facilidade). Também houve quem esperasse mais amor a “127 Horas”, que indicou apenas o ator James Franco, o roteiro e a trilha, mas não o diretor Danny Boyle. “O Vencedor”, dramalhão de boxe, fez bonito, mas desse ponto em diante, só deve se destacar nas premiações pelos três coadjuvantes, Christian Bale, Melissa Leo e Amy Adams (os dois primeiros favoritos às estatuetas).

Ryan Gosling e Michelle Williams foram louvados pelas performances em “Blue Valentine” e caso repitam as indicações no SAG, passarei a acreditar piamente em indicação ao Oscar (ele, no caso, entraria como melhor ator, numa categoria que parecia fechada, mas que, aparentemente, ainda está indefinida). A indicação da excelente Emma Stone – Melhor Atriz de Comédia por “A Mentira” – também foi muito celebrada por mim. Stone, junto de Jesse Eisenberg e Andrew Garfield, compõe a minha Santíssima Trindade do cinema atual. E todos trabalharam juntos: ela com Jesse em “Zumbilândia”, ela com Andrew no reboot de “Homem Aranha” e Jesse com Andrew em “A Rede Social”, pelo qual estão ambos indicados. O filme de Fincher, aliás, perde em número de indicações para “O Discurso do Rei” (seis contra sete), mas detém todo o favoritismo às principais estatuetas.

Emma Stone e Jesse Eisenberg

Entre quem viu “O Turista”, há um consenso de que a) o filme não é musical, tampouco comédia, de modo que seria inelegível para a categoria em que adentrou independente da qualidade, e b) as indicações de Angelina Jolie e Johnny Depp (ele concorrendo também por “Alice no País das Maravilhas) são implausíveis e injustas com trabalhos superiores que ficaram de fora, como os de Sally Hawkins (“Made in Dagenham”) e Stephen Dorff (“Um Lugar Qualquer”, de Sofia Coppola, outro para quem não sobrou nada).

Desse ponto em diante, tudo é tão óbvio que nem tem graça: “Rede Social” deve vencer Filme Dramático, Direção e Roteiro; “Minhas Mães e Meu Pai” ficará com Filme e Atriz de Comédia (Annette Bening); “O Discurso do Rei”, com Ator Dramático (Colin Firth) e Trilha Sonora; “O Vencedor” com atores coadjuvantes (Bale e Leo); “Cisne Negro” com Atriz Dramática (Natalie Portman); e Johnny Depp como Ator de Comédia por qualquer dos filmes indicados.

Em televisão, o que chama a atenção de imediato é a não-inclusão de Glenn Close como atriz dramática por “Damages”, apesar da terceira temporada da série ser elegível. Ao menos adentraram na categoria desempenhos elogiados como os de Katey Sagal por “Sons of Anarchy” (que não vejo) e Elisabeth Moss por “Mad Men” (ela esteve realmente fantástica nessa quarta temporada e muito superior à January Jones, que representava a série no Globo até então). Aliás, se houver justiça, “Mad Men” será novamente premiado como Melhor Drama e Jon Hamm como Melhor Ator.

A quinta temporada de “Dexter” não é digna de reconhecimento nenhum, mas a série acabou indicada, assim como o protagonista Michael C. Hall e Julia Stiles como coadjuvante (que, mesmo detendo um papel crucial, é apenas atriz convidada, da mesma forma que Chris Noth, indicado sem motivo por “The Good Wife”). “Carlos”, minissérie que foi lembrada por alguns círculos de críticos, parece ser a favorita da categoria – nesse campo, Al Pacino (“You Don’t Know Jack”) e Claire Danes (“Temple Grandin”) devem repetir as vitórias que cravaram nos Emmy Awards (a categoria de atriz tem a inclusão bizarra de Jennifer Love Hewitt, que não é boa em nada e mesmo assim terá o nome anunciado junto ao de Judi Dench).

“The Big C” não é uma boa série – tem uma protagonista insuportável que o talento de Laura Linney consegue tornar mais tolerável. Sua inclusão entre as melhores comédias é, portanto, injustificada, ainda mais com programas geniais do porte de “Community” sendo totalmente ignorados. “Glee” não precisava indicar nenhum ator além de Jane Lynch. Entrementes, a indicação de Bryan Cranston por “Breaking Bad” – a primeira que ele recebe pela série, mesmo já tendo três Emmys na estante – foi bem-vinda, mas porque não estender o reconhecimento ao ilustre Aaron Paul?

Antes de arriscar palpites para as categorias de TV, vou passar por elas com mais atenção. Por enquanto, vamos continuar acompanhando a temporada de prêmios. O SAG Awards é o próximo a anunciar seus indicados. Listas de previsão a caminho!

Categorias:Premiações

Globo de Ouro 2011: Previsão dos Indicados

9 dezembro 2010 7 comentários

Parece que foi ontem que estávamos prevendo os indicados ao Globo de Ouro 2010, e já chegou a hora de prevermos a lista de 2011! Os indicados serão revelados no dia 14 de dezembro, e aproveito para fazer minhas apostas completas, nas categorias de Cinema e Televisão. Ainda que o Globo permita a indicação de seis ou até sete nomes numa mesma categoria, limitei-me aos cinco tradicionais. E aí estão:

Best Motion Picture – Drama
* Black Swan
* Inception
* The King’s Speech
* The Social Network
* True Grit

Best Motion Picture – Musical or Comedy
* How Do You Know
* Kick-Ass
* The Kids Are All Right
* Love and Other Drugs
* Somewhere

Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Drama
* Jeff Bridges, TRUE GRIT
* Robert Duvall, GET LOW
* Jesse Eisenberg, THE SOCIAL NETWORK
* Colin Firth, THE KING’S SPEECH
* James Franco, 127 HOURS

Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Musical or Comedy
* Johnny Depp, ALICE IN WONDERLAND
* Stephen Dorff, SOMEWHERE
* Robert Downey Jr., DUE DATE
* Paul Giamatti, BARNEY’S VERSION
* Jake Gyllenhaal, LOVE AND OTHER DRUGS

Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Drama
* Rebecca Hall, THE TOWN
* Nicole Kidman, RABBIT HOLE
* Jennifer Lawrence, WINTER’S BONE
* Lesley Manville, ANOTHER YEAR
* Natalie Portman, BLACK SWAN

Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Musical or Comedy
* Annette Bening, THE KIDS ARE ALL RIGHT
* Anne Hathaway, LOVE AND OTHER DRUGS
* Sally Hawkins, MADE IN DAGENHAM
* Julianne Moore, THE KIDS ARE ALL RIGHT
* Reese Witherspoon, HOW DO YOU KNOW

Best Performance by an Actor in a Supporting Role in a Motion Picture
* Christian Bale, THE FIGHTER
* Michael Douglas, WALL STREET: MONEY NEVER SLEEPS
* Andrew Garfield, THE SOCIAL NETWORK
* Geoffrey Rush, THE KING’S SPEECH
* Justin Timberlake, THE SOCIAL NETWORK

Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Motion Picture
* Amy Adams, THE FIGHTER
* Helena Bonham Carter, THE KING’S SPEECH
* Melissa Leo, THE FIGHTER
* Kristin Scott Thomas, NOWHERE BOY
* Jacki Weaver, ANIMAL KINGDOM

Best Director – Motion Picture
* Ben Affleck, THE TOWN
* Darren Aronofksy, BLACK SWAN
* David Fincher, THE SOCIAL NETWORK
* Tom Hooper, THE KING’S SPEECH
* Christopher Nolan, INCEPTION

Best Screenplay – Motion Picture
* Ethan Coen & Joel Coen, TRUE GRIT
* James L. Brooks, HOW DO YOU KNOW
* Christopher Nolan, INCEPTION
* David Seidler, THE KING’S SPEECH
* Aaron Sorkin, THE SOCIAL NETWORK

Best Original Song – Motion Picture
* 127 HOURS – “If I Rise”
* BURLESQUE – “You Haven’t Seen the Last of Me”
* COUNTRY SONG – “Country Song”
* TANGLED – “I See the Light”
* TOY STORY 3 – “We Belong Together”

Best Original Score – Motion Picture
* Carter Burwell, TRUE GRIT
* Alexandre Desplat, THE KING’S SPEECH
* Clint Mansell, BLACK SWAN
* Trent Reznor & Atticus Ross, THE SOCIAL NETWORK
* Hans Zimmer, INCEPTION

Best Foreign Language Film
* BIUTIFUL – México
* I AM LOVE – Itália
* IF I WANT TO WHISTLE, I WHISTLE – Romênia
* INCENDIES – Canadá
* OF GODS AND MEN – França

Best Animated Feature Film
* How to Train Your Dragon
* Tangled
* Toy Story 3

Best Performance by an Actor in a Television Series – Drama
* Gabriel Byrne, IN TREATMENT
* Bryan Cranston, BREAKING BAD
* Michael C. Hall, DEXTER
* Jon Hamm, MAD MEN
* Timothy Olyphant, JUSTIFIED

Best Performance by an Actor in a Mini-Series or a Motion Picture Made for Television
* James Badge Dale, THE PACIFIC
* Kenneth Branagh, WALLANDER
* Dennis Quaid, THE SPECIAL RELATIONSHIP
* Al Pacino, YOU DON’T KNOW JACK
* Michael Sheen, THE SPECIAL RELATIONSHIP

Best Performance by an Actor in a Television Series – Musical or Comedy
* Alec Baldwin, 30 ROCK
* Steve Carell, THE OFFICE
* Thomas Jane, HUNG
* Matthew Morrison, GLEE
* Jim Parsons, THE BIG BANG THEORY

Best Performance by an Actress in a Television Series – Drama
* Glenn Close, DAMAGES
* Julianna Margulies, THE GOOD WIFE
* Elisabeth Moss, MAD MEN
* Anna Paquin, TRUE BLOOD
* Kyra Sedgwick, THE CLOSER

Best Performance by an Actress in a Mini-Series or a Motion Picture Made for Television
* Claire Danes, TEMPLE GRANDIN
* Hope Davis, THE SPECIAL RELATIONSHIP
* Judi Dench, RETURN TO CRANFORD
* Ellie Kendrick, THE DIARY OF ANNE FRANK
* Winona Ryder, WHEN LOVE IS NOT ENOUGH

Best Performance by an Actress in a Television Series – Musical or Comedy
* Toni Collette, UNITED STATES OF TARA
* Edie Falco, NURSE JACKIE
* Tina Fey, 30 ROCK
* Laura Linney, THE BIG C
* Lea Michele, GLEE

Best Performance by an Actor in a Supporting Role in a Series, Mini-Series or a Motion Picture Made for Television
* Ty Burrell, MODERN FAMILY
* Chris Colfer, GLEE
* John Goodman, YOU DON’T KNOW JACK
* Michael Shannon, BOARDWALK EMPIRE
* David Strathairn, TEMPLE GRANDIN

Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Series, Mini-Series or a Motion Picture Made for Television
* Jane Lynch, GLEE
* Kelly MacDonald, BOARDWALK EMPIRE
* Julia Ormond, TEMPLE GRANDIN
* Susan Sarandon, YOU DON’T KNOW JACK
* Sofia Vergara, MODERN FAMILY

Best Television Series – Drama
* Boardwalk Empire
* Dexter
* The Good Wife
* Mad Men
* True Blood

Best Television Series – Musical or Comedy
* 30 Rock
* Community
* Glee
* Modern Family
* Nurse Jackie

Best Mini-Series or Motion Picture Made for Television
* The Pacific
* Return to Cranford
* The Special Relationship
* Temple Grandin
* You Don’t Know Jack

Cecil B. DeMille Award
* Robert DeNiro

O que acha?

Categorias:Cinema, Premiações, TV

Oscar 2011 e NBR

Na semana passada, foi anunciado que Anne Hathaway e James Franco apresentariam a edição do Oscar 2011. Desde que acompanho o Oscar, a única cerimônia que me recordo a não ser apresentada por um comediante foi a de 2008, na qual Hugh Jackman se saiu muito bem e Anne, curiosamente, o ajudou em um dos esquetes, cantando com sua ótima voz. Já Franco, mesmo fazendo opções inusitadas e corajosas em sua carreira, tem um humor meio típico de maconheiro, que só usuários da droga compreendem e acham graça. Também há um outro empecilho: ele deve ser indicado este ano como melhor ator por “127 Hours”, do Danny Boyle, e o fato de também apresentar a festa pode gerar um conflito de interesses. À uma primeira análise, não recebo a notícia com bons olhos.

Entrementes, essa temporada de premiações começou oficialmente com o anúncio dos vencedores do National Board of Review, um dos mais antigos e conceituados prêmios da crítica (seus membros não são compostos apenas por críticos profissionais, mas também por cinéfilos de todo país). O NBR tem coincidido várias atrizes com os prêmios maiores. Acho que nos últimos 20 anos, 19 das premiadas por eles foram indicadas ao Oscar ou coisa que o valha.

Foi o prêmio que impulsinou, por exemplo, as conquistas ianques de Fernanda Montenegro por “Central do Brasil”. A inglesa Lesley Manville, de “Another Year” pode se sentir bem aliviada por ter sido eleita a Melhor Atriz de 2010. Lembrem-se que ela é uma heroína de Mike Leigh, que já consagrou Brenda Blethyn, Imelda Staunton e Sally Hawkins (das três, a última foi a única a ser esnobada pelo Oscar, num caso atípico e sem precedentes). Jacki Weaver está incrível em “Animal Kingdom” e o prêmio de coadjuvante também deve impulsioná-la. Está com jeito de que não vai parar mais de ganhar, mas acho que está mais para uma Amy Ryan do que para uma Mo’Nique e que não vencerá os prêmios academistas. Mas, ao menos sua indicação vai consolidar.

Estranho a menina do “Winter’s Bone” ter sido a única revelação premiada. Geralmente, eles dividem a categoria em revelação masculina e feminina. Acho que os homens estavam em falta este ano… Ou melhor, o mais novato, Jesse Eisenberg, foi considerado para a categoria principal, e não como revelação (porque né, o moço tá aí faz tempo, fez “Roger Dodger”, “A Lula e a Baleia”, “Zumbilândia” etc). Em “A Rede Social”, dá show. Aliás, o filme, eleito o melhor do ano pelo NBR, é bem inteligente e não vou me opor a nenhum prêmio que receber (em especial, aos que vieram para Jesse e o roteirista Aaron Sorkin).

“Toy Story 3” inevitavelmente vencerá tudo que é prêmio de filme de animação e é realmente excelente, mas cá entre nós, “Como Treinar Seu Dragão” é melhor. Mais rendondinho, bem finalizado, com trilha e visual fantásticos. No mais, esperemos os próximos prêmios!

Categorias:Premiações

Prêmio Louis de qualidade – Parte 4

20 setembro 2010 5 comentários

Vamos aos vencedores das categorias de Melhor Série de Comédia da temporada que passou!

OUTSTANDING COMEDY SERIES

COMMUNITY • Season 1 • NBC
Tape A: “Spanish” + “Introduction to Statistics”
Tape B: “Comparitive Religion” + “Physical Education”
Tape C: “Contemporary American Poultry” + “Modern Warfare”

Foi um ótimo ano para comédias. Se, por um lado, veteranos do gênero como “30 Rock” e “Family Guy” tiveram suas temporadas mais irregulares até então, por outro tivemos adesões de qualidade na programação, como três das minhas finalistas, “Community”, “Glee” e “Modern Family”. Dei à primeira o título de Melhor Série de Comédia 2009/2010, e creio que todos que já pararam para assistir vão considerar a decisão justa. “Community” tem um texto cheio de sacadas legais, uma direção sempre de acordo, e atores que parecem se importar genuinamente uns com os outros. Os personagens são adultos meio fracassados, cursando uma faculdade comunitária (que, nos Estados Unidos, é destinada aos párias da sociedade, que não foram aprovados nas universidades de grande porte). Mas acabam desenvolvendo uma amizade verdadeira, apoiando-se para enfrentar uma situação desfavorável. A primeira temporada apresentou episódios legendários, como o da guerra de paintball e aquele que parodia “Os Bons Companheiros”. Se você nunca viu, meus pêsames.

.

OUTSTANDING LEAD ACTOR IN A COMEDY SERIES
The Big Bang Theory • Jim Parsons • “The Staircase Implementation”

O Dr. Sheldon Cooper, com suas paranóias e idiossincrasias, é o personagem mais relevante e risível de “The Big Bang Theory”, comédia que se tornou um cult instantâneo pelo vasto repertório nerd. Sheldon por vezes é um chato de galochas, a ponto de nos fazer imaginar porque os amigos do personagem suportariam conviver com alguém tão sistemático. Mas, mesmo quando é o caso, Jim Parsons pega o tom da piada e extrai todo o potencial de diálogos carregados e “overwritten”. Foi, merecidamente, o vencedor do Emmy 2010, ainda que pelo episódio errado (minha escolha, “The Staircase Implementation”, mostra como Sheldon e Leonard se tornaram colegas de quarto).

.

OUTSTANDING LEAD ACTRESS IN A COMEDY SERIES
United States of Tara • Toni Collette • “Torando!”

A excelente australiana Toni Collette arrasava em “United States of Tara” desde a irregular primeira temporada, e neste segundo ano, que apresentou um salto criativo em termos de roteiro, a voltagem de sua atuação foi multiplicada. A série funciona tanto como uma comédia sobre uma família disfuncional, igual a muitas que encontramos no cinema independente americano, quanto como drama de personagem (no caso, uma mulher que sofreu um trauma muito grande no passado – não fica especificado que trauma foi esse -, e que, em função disso, sofre de um distúrbio de múltiplas personalidades). À medida em que se aproxima da verdade sobre seu passado, novas camadas da composição de Collette vão aflorando. Rainha!

.

OUTSTANDING SUPPORTING ACTOR IN A COMEDY SERIES
Modern Family • Eric Stonestreet • “Fizbo”

Eric Stonestreet, vencedor do Emmy de coadjuvante deste ano, é, de fato, o mais engraçado e mais ilustre membro do elenco de “Modern Family”. A série é muito boa, capaz de resgatar algumas tramas clássicas das sitcoms familiares e de reciclá-las com o frescor dos dias de hoje. Mas, certamente, não seria tão bem sucedida nessa tarefa sem o gordinho gay e espalhafatoso Cam, que Stonestreet (hétero na vida pessoal) interpreta com a maior dignidade e precisão.

.

OUTSTANDING SUPPORTING ACTRESS IN A COMEDY SERIES
Glee • Jane Lynch • “Throwdown”

Nenhuma atuação deu tanto o que falar na TV nessa temporada quanto a de Jane Lynch em “Glee”. Como a implacável treinadora Sue Sylvester, Lynch, uma atriz característica que já tinha abrilhantado outras comédias de sucesso com seu timing impecável, rouba a cena de todos do elenco. Como arquétipo, Sue é um daqueles indivíduos indissoluvelmente americanos, obcecados com a vitória e com seu status pessoal. Nesses parâmetros, Lynch rende as maiores risadas, mesmo que seu tempo seja limitado a alguns minutos por episódio. Também é curioso quando sugerem que, por trás desse escudo de crueldade e acidez, Sue é uma mulher frágil e insegura, que nem sempre compreende as coisas que a rodeiam, e por isso as despreza. Mas, em nenhum momento, ela desce do salto ou perde a pose.

.

OUTSTANDING DIRECTING FOR A COMEDY SERIES
Community • “Modern Warfare” • Justin Lin

No melhor episódio cômico do ano, os personagens de “Community” se engalfinham numa guerra de paintball que destrói o campus da faculdade. A direção é extremamente importante para realçar a comicidade e (por que não?) o absurdo do acontecimento, transformando o campo de batalha numa réplica estilizada e colorida (bem ao clima da série) do que seria o ambiente inóspito de uma guerra de verdade.

.

OUTSTANDING WRITING FOR A COMEDY SERIES
Community • “Modern Warfare” • Emily Cutler

Repito a honraria ao episódio “Modern Warfare”. Emily Cutler, uma das roteiristas mais requisitadas de “Community”, soube distribuir a ação e caprichou nos diálogos, que tiraram sarro dos clichês dramatúrgicos. Certamente, o Melhor Roteiro em Comédia do ano!

.

Pois é. Que venha a temporada 2010/2011!

Categorias:Premiações, TV

Prêmio Louis de qualidade – Parte 3

19 setembro 2010 3 comentários

Publiquei há alguns dias, aqui no blog, a minha lista pessoal de melhores séries dramáticas da temporada 2009-2010. Aproveitando que a temporada 2010-2011 já está se iniciando, faço agora a minha lista de melhores séries cômicas, incluindo as atuações, os roteiros e as direções que se destacaram dentre as centenas de episódios conferidos (estão todos listados nas páginas Séries 2009 e Séries 2010, aqui no Letters from Louis). Sem mais delongas, aí estão meus finalistas:

OUTSTANDING COMEDY SERIES

COMMUNITY • Season 1 • NBC
Tape A: “Spanish” + “Introduction to Statistics”
Tape B: “Comparitive Religion” + “Physical Education”
Tape C: “Contemporary American Poultry” + “Modern Warfare”

GLEE • Season 1 • FOX
Tape A: “The Rhodes Not Taken” + “Wheels”
Tape B: “Sectionals” + “The Power of Madonna”
Tape C: “Laryngitis” + “Journey”

GREEK • Season 3 • ABC
Tape A: “The Wish-Pretzel” + “Friend or Foe”
Tape B: “I Know What You Did Last Semester” + “Your Friends and Neighbors”
Tape C: “Camp Buy Me Love” + “All Children Grow Up”

MODERN FAMILY • Season 1 • ABC
Tape A: “Pilot” + “Fizbo”
Tape B: “Coal Digger” + “Not in My House”
Tape C: “Hawaii,” + “Family Portrait”

UNITED STATES OF TARA • Season 2 • SHO
Tape A: “The Truth Hurts” + “Torando!”
Tape B: “Dept. of Fucked Up Family Services” + “Open House”
Tape C: “To Have and to Hold” + “From This Day Forward”

OUTSTANDING LEAD ACTOR IN A COMEDY SERIES
30 Rock • Alec Baldwin • “Don Geiss, America and Hope”
The Big Bang Theory • Jim Parsons • “The Staircase Implementation”
Community • Joel McHale • “Physical Education”
Party Down • Adam Scott • “Party Down Company Picnic”
Party Down • Ken Marino • “Mash-Up”

OUTSTANDING LEAD ACTRESS IN A COMEDY SERIES
Desperate Housewives • Felicity Huffman • “If”
Glee • Lea Michele • “Dream On”
Nurse Jackie • Edie Falco • “Pilot”
Party Down • Lizzy Caplan • “Constance Carmell Wedding”
United States of Tara • Toni Collette • “Torando!”

OUTSTANDING SUPPORTING ACTOR IN A COMEDY SERIES
Community • Danny Pudi • “Contemporary American Poultry”
How I Met Your Mother • Neil Patrick Harris • “Girls vs. Suits”
It’s Always Sunny in Philadelphia • Charlie Day • “The Waitress Is Getting Married”
It’s Always Sunny in Philadelphia • Danny DeVitto • “Mac and Charlie Write a Movie”
Modern Family • Eric Stonestreet • “Fizbo”

OUTSTANDING SUPPORTING ACTRESS IN A COMEDY SERIES
30 Rock • Jane Krakowski • “Anna Howard Shaw Day!”
Community • Alison Brie • “English as a Second Language”
Glee • Jane Lynch • “Throwdown”
It’s Always Sunny in Philadelphia • Kaitlin Olson • “The Gang Exploits the Mortgage Crisis”
United States of Tara • Rosemarie DeWitt • “Explosive Diorama”

OUTSTANDING DIRECTING FOR A COMEDY SERIES
Community • “Contemporary American Poultry” • Tristram Shapeero
Community • “Modern Warfare” • Justin Lin
Glee • “Dream On” • Joss Whedon
How I Met Your Mother • “Girls vs Suits” • Pamela Fryman
Nurse Jackie • “Pilot” • Allen Coulter

OUTSTANDING WRITING FOR A COMEDY SERIES
Community • “Contemporary American Poultry” • Emily Cutler & Karey Dornetto
Community • “Modern Warfare” • Emily Cutler
Party Down • “Constance Carmell Wedding” • John Enbow
South Park • “Dead Celebrities” • Trey Parker
United States of Tara • “Torando!” • Craig Wright

Amanhã, escolho os vencedores para cada categoria!
Categorias:Premiações, TV