Início > Cinema, Literatura, Música > Monthly Stitches

Monthly Stitches

Percebi que faz muito tempo que não faço um Weekly Stitches por aqui e resolvi montar um bem grandinho para compensar pelas semanas perdidas. Vamos lá…

– Música –

“Down by the Water” – The Drums

Se “Gossip Girl” não chega exatamente a prestar, pelo menos sempre me apresenta a alguma música boa, tipo essa aí, que eu tenho ouvido sem parar.

.

“Cabaret” – Natasha Richardson

Como fã de teatro musical, eu gosto de showtunes, baixo álbuns originais da Broadway e tal. Mas não tinha tido muito contato com a trilha do revival de “Cabaret”, dirigido pelo Sam Mendes antes de “Beleza Americana” com a falecida Natasha Richardson como Sally Bowles. Andei vendo uns vídeos e a versão dela pra personagem era super diferente, meio trabalhada no padê. E, desse jeitinho, acabou ficando bem interessante. Aí vai a redenção da melhor canção.

.

“O’ Children” – Nick Cave

A música que Harry e Hermione dançam em “As Relíquias da Morte”. Enough said.

.

“Dog Days Are Over” – Florence and the Machine

Uma das mais canções gostosas da Rainha.

.

– Filmes –

“Inception”

Depois que o assisti dez vezes (literalmente) nos cinemas, saiu na rede em qualidade de DVD, e claro que já está salvo aqui no meu laptop. Nos últimos meses minha animação com o filme foi passando. Não muito, mas um pouco. Mas bastou rever pra todo o amor e a paixão voltarem com força total.

.

“Jovens Bruxas”

Lembro que eu adorava esse filme há uns dez anos e achava até um pouquinho assustador. Não é, é super bobinho, mas as quatro amigas praticantes de magia tem uma química legal e a Fairuza Balk está incrível.

.

– Séries –

“Doctor Who”

Estou descobrindo essa série inglesa criada há 47 anos! Ficou parada por uns quinze anos antes de ganhar um reboot, que na verdade é uma espécie de continuação, já que o Doctor do título – um alienígena capaz de se deslocar por tempo e espaço, resolvendo problemas de todas as civilizações – é capaz de assumir uma nova forma humana sempre que o ator principal precisa ser substituído (porque, né, ninguém fica no mesmo papel por tanto tempo, com exceção do pessoal das novelas americanas). “Doctor Who” é uma produção inglesa e, curiosamente, endereçado ao público infantil, embora sua base de seguidores envolva todas as idades.

.

“Six Feet Under”

Dessa eu revi o último episódio, pra mim o melhor desfecho para qualquer série já produzida. É um final lindo, mas bicas triste. Eu quero muito chorar de novo só de lembrar, mas estou me segurando. Mais não digo, em consideração ao leitor que ainda não assistiu a esse primor (tá esperando o quê?).

.

“Firefly”

Baixei e vou começar a ver um dos únicos trabalhos de Joss Whedon que eu ainda não conheço. “Firefly” durou só catorze episódios e até agora eu só vi o primeiro, que é praticamente um filme e tem uma hora e meia de duração. É genial demais e eu fico triste por saber que não vingou.

.

– Livro –

Oprah: Uma Biografia” – Kitty Kelley

Fiz uma leitura dinâmica dia desses na Fnac da polêmica biografia não-autorizada de Oprah Winfrey, a apresentadora mais famosa dos Estados Unidos e uma das personalidades blacks mais influentes do mundo. A autora fez uma pesquisa extensa e chegou à essência dessa figura, que exagera nos relatos da infância sofrida para angariar a simpatia do público e que, antes de uma celebridade admirada pelas ações filantrópicas, é uma mulher complicada e de temperamento nada maleável. Recomendo.

.

– Vício –

“Avenida Q”

Desde que retornou aos palcos paulistanos – com elenco bem melhor do que poderíamos esperar – tenho revisto sempre que possível. Uma canja para os leigos:

 

E vocês, como vão?

Categorias:Cinema, Literatura, Música
  1. Quéroul
    27 novembro 2010 às 12:15 am

    outro dia eu tava fuçando seu blog e vi os stitches… ia até comentar que sentia falta, e cheguei aqui agora achei um mensal!🙂
    JÓIA!
    quero ler o livro da Oprah, acho que vou te imitar e ler na livraria mesmo. acho muito bom ler livro na livraria, hahaha.

    Louis, vi HP 7.1. Ai, lindo de viver. Chorei já nos 10 minutos iniciais, não queria que acabasse nunca. As ‘crianças’ tão lindas, a cena do Réuri dançando com a Hermione é de partir o coração… achei linda a adaptação, achei tudo lindo e agora tenho que ficar aí, firmona, até ano que vem pra ver o fim.
    Lindo.

    =***
    precisamos retomar nossos planos cafezísticos que ó o ano acabando aí, ó.😉

  2. 27 novembro 2010 às 4:40 am

    Adorei a música de GG. Continue indicando Louis!

    • 27 novembro 2010 às 2:54 pm

      Quéroul, fiquei em falta com os WS, mas resolvi voltar🙂 Que bom que você gostou de Harry Potter. Eu me emocionei em vários momentos e até achei algumas cenas lindas, mas em geral achei que ficou faltando um pouco. E sim, temos muito que marcar um café – dessa vez pra valer!!!

      Mark, pode deixar. Continuo sim😉

  3. 27 novembro 2010 às 7:05 pm

    Realmente, a Fairuza Balk está sensacional em “Jovens Bruxas”. Na época deste filme, eu adorava a Neve Campbell!! Beijo!

    • 28 novembro 2010 às 11:22 am

      Ka, Campbell estava no auge nessa época! Pena que correspondeu a pouca coisa depois… Beijo.

  4. Tiago Stabile
    28 novembro 2010 às 11:47 am

    Eu tbm quando pequeno tinha medo de Jovens Bruxas, KKKKKKK hoje reprisa varias vezes em algum canal ai e eu começo a assistir e quando vejo não quero mais mudar para outro programa KKKK

    O’Children eu não sei, nunca tinha ouvido essa musica antes, mas sei lá achei incrivel para a cena, e pelo menos Yates soube adicionar algo em um momento essencial para o filme que não tenha no livro, pq aquela cena em HBP em que a casa dos Weasleys é queimada, aquilo sim é inventar mesmo para tentar dar mais dinâmica ao filme.

    E a Oprah, sei lá eu sempre tive um feeling de que ela é meio diferente das cameras mesmo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: