Início > Cinema > Serra 3D

Serra 3D

A cada novo volume da saga “Jogos Mortais”, as armadilhas perpetradas pelo psicopata Jigsaw – conhecido por submete as vítimas a testes violentos que, para serem vencidos, requerem enormes sacrifícios físicos e mentais – se tornam mais doentias e engenhosas. Nesse sétimo e, segundo o título nacional, último capítulo, a equipe por trás da franquia chega ao ápice da insanidade.

Muitas das mortes que se vêem aqui são impronunciáveis e a censura severa – 18 anos – está bem aplicada. Ainda assim, é curioso notar que muitos menores de idade são absolutamente fascinados pela série e estão entrando no cinema às escondidas, comprando ingresso para outra sessão e trocando de sala ou pedindo para que outros consigam os ingressos por eles. Aliás, logo na primeira morte, que acontece literalmente em praça pública, em meio à multidão, o filme parece lançar um olhar acusatório para a plateia, indagando a capacidade das pessoas de se deliciar tamanha barbaridade.

Eu mesmo sucumbo a esse pecado; não fujo de um bom gore quando vejo um, e mesmo quando encontro incongruências – como é o caso de “Jogos Mortais”, que tem inúmeros buracos em sua trama contínua, desdobrada desde o primeiro filme em infinitas terminações – procuro abstraí-las para curtir a parte seguinte sem amarras. Dessa vez, o escolhido para enfrentar o desafio de Jigsaw – morto desde o terceiro capítulo, mas ainda ativo através de seus discípulos – será um homem que fez fortuna escrevendo um best-seller sobre como sobreviveu a um desses jogos de horror.

Mas, na verdade, ele nunca foi perseguido por Jigsaw, e apenas se aproveita da cobertura exaustiva da mídia sobre os casos para vender um livro vagabundo de auto-ajuda. Pois o novo cúmplice – aquele policial que protagonizou o filme anterior – lhe dará o troco em espécie. O escritor será submetido a uma sequência de provas terríveis, que envolvem ele próprio, a esposa, o agente literário, a advogada e o melhor amigo. Enquanto isso, a polícia vai fechando o cerco contra seu ex-integrante, desmascarado pela viúva de Jigsaw.

Da mesma forma que os anteriores, “Jogos Mortais – O Final” é editado mal e porcamente, atuado com displicência e encerrado com pendências (duvido muito que não gere outro filhote, independente do que indica o título). Também como os outros, este reserva uma reviravolta para os instantes finais, que eu, particularmente, adivinhei logo de cara. Seja como for, o clímax é bem construído e a quantidade de sangue é suficiente para maluco nenhum botar defeito. Com exceção de que o 3D, provavelmente inserido na pós-produção, não justifica o preço inflado do ingresso.

.:. Jogos Mortais – O Final (Saw 3D, 2010, dirigido por Keven Greutert). Cotação: B-

Categorias:Cinema
  1. 10 novembro 2010 às 12:21 am

    eu sou contra 3D, descobri. acho uma bela porcaria que não serve pra mais nada a não ser ficar caro – como vc bem disse.
    eu vi Piranha 3D (amooor, hahaha), e achei que não prestou; aliás, acho mesmo que o único filme que merece ser visto em 3D é Jackass. Podre por podre, né…

    não gosto de Jogos Mortais. assisti a quase todos, acho, e provavelmente um dia vou fazer uma maratona; mas acho um filme bem porquinho, nojentinho e chatinho e nem acho o primeiro muito incrível – se me lembro, preferi o segundo.

    e esse seu título é amedontrador, hahaha. se fosse uma resenha há duas semanas atrás, eu ficaria realmente assustada…
    =**

    • 10 novembro 2010 às 11:00 pm

      Quéroul, de certa forma concordo com você. De todos os filmes que vi em 3D até hoje alguns poucos justificaram a tecnologia (Avatar, Como Treinar Seu Dragão e Resident Evil 4 são os que me vêm à cabeça). Dos Jogos Mortais, acho o primeiro o melhor, mas os outros me “descem” bem. E acha que eu não pensei na ironia do título??? hahahaha🙂

      Beijo.

  2. 10 novembro 2010 às 11:36 pm

    Me poupe de assistir a este filme. Surpresa de ler esta sua opinião! Beijo!

    • 10 novembro 2010 às 11:58 pm

      Ka, não entendi! Você achava que eu iria abominar? rsrs… Beijo!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: