Início > TV > Prêmio Louis de Qualidade – Parte 1

Prêmio Louis de Qualidade – Parte 1

Setembro é o mês em que a grade 2010-2011 tem início na TV aberta americana, com o retorno de grande parte das nossas séries queridas, e talvez de algumas boas estreias (as séries da TV paga tem um esquema de transmissão diferenciado). Esta é a última oportunidade de fazer um balanço da temporada 2009-2010, num apanhado feito por este humilde telespectador, que nem sempre concorda com as decisões de uma academia de especialistas (o resultado do Emmy vocês conheceram na semana passada). A lista abaixo foi formulada com base nas centenas (seriam milhares? Não sei e estou com preguiça de contar) de episódios conferidos entre o início da temporada passada e o presente momento. 

De um fã de TV para outro, aí estão as melhores séries, episódios e atuações nas categorias dramáticas de 2009-2010. A lista foi elaborada nos padrões do Emmy, selecionando um episódio de destaque para roteiro, direção e atuação, e seis episódios para a categoria máxima. 

OUTSTANDING DRAMA SERIES 

BREAKING BAD • Season 3 • AMC
Tape A: “I.F.T.” + “Sunset”
Tape B: “One Minute” + “Fly”
Tape C: “Half Measures” + “Full Measure” 

FRIDAY NIGHT LIGHTS • Season 4 • DTV
Tape A: “In the Skin of a Lion” + “A Sort of Homecoming”
Tape B: “The Son” + “Stay”
Tape C: “Laboring” + “Thanksgiving” 

MAD MEN • Season 3 • AMC
Tape A: “My Old Kentucky Home” + “The Fog”
Tape B: “Guy Walks into an Advertising Agency” + “The Gypsy and the Hobo”
Tape C: “The Grown-Ups” + “Shut the Door. Have a Seat.” 

SUPERNATURAL • Season 5 • CW
Tape A: “I Believe the Children Are Our Future” + “The Real Ghostbusters”
Tape B: “Abandon All Hope” + “My Bloody Valentine”
Tape C: “Point of No Return” + “Swan Song” 

TRUE BLOOD • Season 2 • HBO
Tape A: “Keep This Party Going” + “Scratches”
Tape B: “Never Let Me Go” + “Hard-Hearted Hannah”
Tape C: “Release Me” + “Frenzy” 

.
OUTSTANDING LEAD ACTOR IN A DRAMA SERIES
Breaking Bad • Bryan Cranston • “Fly”
Breaking Bad • Aaron Paul • “Half Measures”
House • Hugh Laurie • “Broken”
Lost • Matthew Fox • “The End”
Mad Men • Jon Hamm • “The Gypsy and the Hobo” 

OUTSTANDING LEAD ACTRESS IN A DRAMA SERIES
Breaking Bad • Anna Gunn • “Kafkaesque”
Damages • Glenn Close • “The Next One’s Gonna Go in Your Throat”
Friday Night Lights • Connie Britton • “Stay”
The Good Wife • Julianna Margulies • “Unprepared”
Mad Men • January Jones • “The Gypsy and the Hobo” 

OUTSTANDING SUPPORTING ACTOR IN A DRAMA SERIES
Breaking Bad • Dean Norris • “One Minute”
Dexter • John Lithgow • “Road Kill”
Friday Night Lights • Zach Gilford • “The Son”
Lost • Michael Emerson • “Dr. Linus”
Mad Men • Vincent Kartheiser • “Souvenir” 

OUTSTANDING SUPPORTING ACTRESS IN A DRAMA SERIES
Big Love • Chloe Sevigny • “The Greater Good”
Dexter • Jennifer Carpenter • “Dirty Harry”
The Good Wife • Archie Panjabi • “Doubt”
Mad Men • Christina Hendricks • “Guy Walks into an Advertising Agency”
Mad Men • Elisabeth Moss • “Shut the Door. Have a Seat.” 

OUTSTANDING DIRECTING FOR A DRAMA SERIES
Breaking Bad • “Fly” • Rian Johnson
Breaking Bad • “Half Measures” • Adam Bernstein
Breaking Bad • “One Minute” • Michelle MacLaren
Mad Men • “Guy Walks into an Advertising Agency” • Lesli Linka Glatter
Mad Men • “The Gypsy and the Hobo” • Jennifer Getzinger 

OUTSTANDING WRITING FOR A DRAMA SERIES
Breaking Bad • “Fly” • Sam Catlin & Moira Walley
Breaking Bad • “Full Measure” • Vince Gilligan
Friday Night Lights • “The Son” • Rolin Jones
Mad Men • “Guy Walks into an Advertising Agency” • Matthew Weiner & Robin Veith
Mad Men • “The Gypsy and the Hobo” • Marti Noxon, Cathryn Humphris & Matthew Weiner 

Minhas escolhas para comédia serão anunciadas logo mais. E, como toda premiação que se preze, vou fazer um pequeno suspense antes de anunciar os vencedores. Por enquanto, deixe suas impressões sobre os meus favoritos e as suas escolhas para as categorias acima.

Categorias:TV
  1. 6 setembro 2010 às 9:23 pm

    Levei um susto com Supernatural aí, mas nem vi a temporada (larguei na 3ª) então não posso julgar. Acho “Fly” de “Breaking Bad” meio enganation, mas pelo jeito preciso de uma revisão.

  2. 6 setembro 2010 às 10:21 pm

    Só de ver a Chloe Sevigny na sua lista, fico felicíssima!!!!!🙂

    Beijo!

    • 6 setembro 2010 às 10:32 pm

      L. Vinicius, Supernatural é top 3 de séries da minha vida, e as temporadas 2, 4 e 5 são muito especiais pra mim. Quanto a Fly, achei um puta episódio bom, naquele formato de episódio engarrafado, com variações mínimas de cenário e apenas dois atores cruciais. O propósito desses episódios seria economizar dinheiro para esbanjar num episódio futuro, mas o roteiro é tão bom, a direção tão criativa e os atores tão sensacionais que todo mundo sai ganhando. Recomendo a revisão😉

      Ka, não sabia que gostava tão assim da Chloe! Ela arrasou nessa temporada de Big Love. Beijo.

  3. Caio
    7 setembro 2010 às 12:11 pm

    Gostei muito de suas escolhas, seriam quase iguais as minhas. Tiraria Supernatural do OUTSTANDING DRAMA SERIES. Realmente não consigo gostar dessa série, se fosse apenas o ciclo de história dos irmãos sem a parte de caça-fantasma seria bem melhor.

    Apesar de ser incontestável o talento de Aaron Paul, ainda o deixaria em supporting invés de lead actor. Comparar ele com Cranston ou Laurie é covardia;

    Eu amo e odeio Chloe Sevigny. Sua simpatia é inversamente proporcional ao seu talento.

    Cadê ‘Lost – The End’ no OUTSTANDING WRITING FOR A DRAMA SERIES? Pra mim não faltaria nunca.

    • 8 setembro 2010 às 12:33 am

      Caio, amo Supernatural. Reconheço que não é a série perfeita, mas me cativa como poucos programas no ar o fazem. Acho a química dos protagonistas incrível, e gosto de como os casos do dia são conduzidos. E eles se esquivam muito bem do baixo orçamento. Não sei se você sabe, mas só o orçamento de figurino de Gossip Girl é três vezes mais alto que o orçamento total de um episódio de Supernatural.

      Acabo de publicar a minha lista de vencedores, e não só não acho covardia colocar Paul na categoria de Cranston e Laurie, como lhe dei o prêmio, e dei algumas justificativas para tal. Chloe Sevigny também ficou com o posto de melhor atriz coadjuvante, um fio de cabelo acima de Christina Hendricks. Sobre o final de Lost, gostei e me emocionei com o episódio, mas não consegui encaixá-lo na categoria.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: