Início > TV > Shame on you

Shame on you

Não tenho o hábito de assistir televisão, já que faço download dos episódios das séries que acompanho e vejo todos os filmes no cinema ou em DVD. De fato, até meu laptop pifar e me deixar na mão, tinha passado meses, talvez anos, sem fazer uso do meu aparelho televisor. E qual não foi minha surpresa ao ligá-lo na última semana? A TV paga, outrora diferenciada pela infinidade de canais e qualidade de som e imagem acima da média, está sendo desmistificada.

Melhor?

A rede TeleCine, que costumava ter uma programação tão boa quanto à da HBO (ou superior), está às ruínas. Pegou a mania de dublar os filmes, e já não limita as atrações dubladas ao TeleCine Pipoca – os demais também tem algumas sessões com áudio adulterado. Também tem intervalos, e não exibe mais filmes ininterruptos. Fora que não para de mudar o nome dos canais, o que deve ser um verdadeiro pesadelo para o departamento de marketing (antes era chamada por números – TC1, 2, 3, 4 e 5 -, depois mudou para Premium, Action, Emotion, Happy e Classic, e já alterou o nome dos três últimos para Light, Pipoca e Cult). Ao final de cada filme, passam os créditos em ritmo acelerado para não perder o espectador – uma jogada baixa, vulgar e desrespeitosa para um canal de Cinema, que um dia reverenciou a Sétima Arte junto de seu público.

(Lembram como era ótimo o Cineview? Na época em que a Renata Boldrini apresentava, quando as edições eram diárias, antes de inventarem de colocar José Wilker como comentarista, ou de contratarem atores da Globo para apresentar uma edição semanal vagabunda.)

Nem vale comentar como é banal os canais de série venderem episódios que todo mundo já baixou como se fossem grandes sensações. E sei que Sábado e Domingo de manhã não é dia nem horário de assistir televisão, mas a quem se arriscar, vai encontrar anúncios de grill, aparelhos abdominais e cintas em 80% dos canais. Juro que se a NET não estivesse inclusa no meu condomínio eu cancelaria a assinatura. Só faz falta mesmo nas transmissões do Oscar, porque mesmo tendo que aturar os comentários do Rubens Ewald Filho e da tradutora bocó (tecla SAP não é uma opção), ao menos a cerimônia começa no horário (né, Rede Globo? Nota zero pra você).

Desculpa pelo mini-desabafo, gente. Precisava tirar do meu sistema.

Categorias:TV
  1. markhewes
    6 agosto 2010 às 3:41 pm

    Concordo, TV é uma porcaria e a paga é a mesma coisa. É por isso que sempre vejo DVD mesmo que seja episódio repetido mil vezes, mas não perco meu tempo vendo televisão com propagandas e legendas mal feitas.

  2. 6 agosto 2010 às 3:56 pm

    eu não tenho mais nenhum canal de filmes e, ó, não faz falta.
    claro, tem vezes q vc vê AQUELE filme passando e dá uma dor no coração de não poder assistir na hora, mas aí vc lembra que se tivesse os canais, ia ser SÓ aquele filme e pronto. mais fácil alugar.
    a única felicidade recente na vida desses canais foi na semana do Oscar, que a Sky resolveu abrir todos os Telecine pra nós do pacotão básico. Hosana nas alturas: consegui ver Half Nelson depois de ANOS de busca pelo filme (eu não baixo, tenho pregui).
    mas foi só isso mesmo. não vale à pena, no fim das contas…
    (e ó que eu nem sabia que eles tavam com propaganda entre os filmes. que uó.)

    • 6 agosto 2010 às 8:25 pm

      Mark, você apontou algo que eu esqueci de mencionar: as legendas da TV paga, em especial nos canais de série, costumam ser um horror!

      Quéroul, pior é que nem é intervalo comercial: o TeleCine faz dois minutos de intervalo para ficar passando chamada dos próprios filmes em cartaz!!! Sem ser em semana de Oscar, esses canais de filme nem costumam caprichar tanto na programação. Logo não perde MESMO grande coisa.

  3. 6 agosto 2010 às 11:32 pm

    NUNCA que o canal Telecine teve uma melhor programação que a da HBO! NUNCA!!! Eles vivem repetindo filmes…. Beijo!

    • 7 agosto 2010 às 9:43 am

      Ka, a grade talvez não tenha sido melhor por causa das reprises, mas os filmes reprisados costumavam ser sim melhores! No meu último ano de espectador ativo do TeleCine, me lembro que foram eles que exibiram todos os cinco filmes indicados ao Oscar, enquanto a HBO ficou com alguns poucos gatos pingados! Beijo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: