Início > Cinema > Você também já foi banana

Você também já foi banana

Ficou faltando comentar um filme que assisti no avião, na volta para o Brasil. A viagem estava sendo cansativa e quase caótica. Com o vôo de Baltimore para Nova York cancelado por falta de passageiros (faria escala em NY e lá pegaria outro avião para São Paulo), a companhia aérea me encaixou num vôo até Miami, e de lá para o Brasil, após uma espera de sete horas no aeroporto. Só que os vôos que partem de Miami são assumidamente horríveis, porque o local atrai muitos turistas latinos em função da Disney, e a staff não costuma ter o mesmo capricho no atendimento. A única coisa que impediu minha madrugada de se tornar calamitosa foi o filme “O Diário de Um Banana”, que encontrei disponível na telinha da poltrona à frente.

Não é uma comédia que vai revolucionar o gênero ou ficar marcada nos nossos corações, mas é um passatempo válido e despretensioso, que consegue entreter muito bem durante uma hora e meia, e até extrair algumas risadas gostosas. Baseado num bestseller que você certamente já viu em alguma estante de livraria, o longa é sobre um menino que está saindo do primário e entrando no middle-school (que seria o nosso antigo ginásio). Ninguém tem boas lembranças dessa fase da vida – num momento, somos a turma mais velha e experiente do primário, e no outro adentramos em outra realidade, numa escola maior com alunos maiores e situações intimidadoras. Se mesmo depois de adultos já achamos difícil sair de nossa zona de conforto, que dirá quando crianças – ou melhor, quando ainda estamos com um pé na infância e outro na adolescência, reprimindo o desejo genuíno de brincar, porque supostamente não deveríamos mais nos importar com essas trivialidades. E lidar com hormônios aflorando, espinhas aparecendo e pelos surgindo em nossas partes íntimas também não é um passeio no parque para ninguém.

“O Diário de Um Banana” não ignora nada disso: tudo na vida do protagonista mirim é sofrimento. Mas por alguma razão, ele se convence de que, caso se torne popular o suficiente para ter uma foto estampada no livro de fim de ano do colégio, esse sofrimento será abrandado ou no mínimo recompensado. E passa a fazer de tudo para concretizar essa meta – se alistar no clube de luta livre, no grupo de monitores, no jornal da escola etc (cada desventura dá margem à narrativa truncada e episódica, que a recorrente voz em off do garoto nem tenta negar). Percebe, no entanto, que terá de abrir mão do seu melhor amigo, um gordinho extrovertido e sem noção que vive lhe fazendo passar carão.

Só com o tempo ele vai aprender lições básicas sobre o valor da amizade e sobre ser você mesmo em qualquer hipótese, para ser apreciado pelo que é e não pelo que os outros querem que seja. Imagino que a moral vá cair bem a quem esteja passando por situação parecida – e soa ao menos simpática a nós que, pelo contrário, já amadurecemos e estamos bem distantes desta fase. Diferenciado ainda pelo ótimo elenco infantil – alguns moleques realmente esquisitos e desajeitados, capazes de fazer rir pela própria persona -, o filme só perde pontos pelo final abrupto e sem grandes lances, e pelo uso excessivo de animações primitivas como aquelas que ilustram o livro. Mas em geral é bem legal.

.:. O Diário de Um Banana (Diary of a Wimpy Kid, 2010, dirigido por Thor Freudenthal). Cotação: C+

Categorias:Cinema
  1. 30 julho 2010 às 5:52 pm

    Uma pena que esse nem chegou nos cines brazucas. Vejo em DVD mesmo, heheh. Abraço🙂

    • 30 julho 2010 às 5:56 pm

      Jeniss, nem sei a quantas anda a chegada do filme no Brasil. Será que vai mesmo direto pra DVD? Abraço!

  2. 30 julho 2010 às 7:32 pm

    Fiquei com muita vontade de ver! haha

  3. 30 julho 2010 às 7:54 pm

    Gostei do título do filme: “O Diário de um Banana”. Beijo!

    • 31 julho 2010 às 2:17 pm

      Fábio, esse filme é bem a sua cara! huahua… (Sem querer te chamar de “banana”; só acho que você gostaria mesmo).

      Ka, foi o que me atraiu a ele tb! Beijo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: