Início > TV > Séries para o midseason #3: Freaks and Geeks

Séries para o midseason #3: Freaks and Geeks

A próxima dica para passar o midseason bem acompanhado é “Freaks and Geeks”, uma série de reputação impecável que lançou ao mundo gente como Seth Rogen, Jason Segel, James Franco e Judd Apatow. O grupo se reúne até hoje nos cinemas, mas por mais bacanas que sejam essas parcerias, ainda ficam devendo para o seriado que deu início a tudo. Trata-se de uma comédia dramática ambientada nos anos 80, sobre uma adolescente, seu irmão, e o diferenciado grupo de amigos com quem eles se relacionam (os freaks e os geeks do título). Durou 18 episódios e já é um clássico instantâneo da televisão americana.

O grande diferencial da série era se comunicar de igual para igual com o público-alvo, os jovens impopulares que enfrentam o ostracismo no colégio. Também pode ser encarada como nostálgica pelos que cresceram na década de 80, ou aqueles que, como eu, gostariam de ter crescido. Apesar de formidável, o enredo de “Freaks and Geeks” reciclava alguns recursos básicos das séries teen – a formação de casais, as trocas de par, as pequenas contravenções. Só que, ao contrário de se acomodar nesses clichês, o roteiro extraía o melhor das situações, utilizando-as para explorar a fundo os personagens.

É surpreendente, aliás, que a série tenha sido feita com tanto carinho e otimismo, já que se volta para problemas sérios e atuais, sendo o bullying o mais recorrente. “Freaks and Geeks” é muito instrutivo para que entendamos, por exemplo, por que tragédias como aquela em Columbine – onde dois alunos do ensino médio metralharam onze colegas e um professor antes de cometerem suicídio – são tão habituais nos Estados Unidos. Numa comunidade tão superficial, obcecada pelo sucesso pessoal e profissional, qualquer indivíduo que não se encaixe no padrão físico ou intelectual acaba sendo desacreditado.

Lindsay, a protagonista interpretada por Linda Cardellini, é taxada de aberração por vestir sempre o mesmo casaco do Exército e por andar com o bando de desgarrados que fuma debaixo das arquibancadas da escola. Seu irmão caçula (John Francis Daley) é um nerd magricela e sem atrativos, para quem as aulas de Educação Física com meninos mais fortes e atléticos são um verdadeiro suplício. O que “Freaks and Geeks” tenta mostrar, no entanto, é como o sofrimento que parece inacabável na nossa adolescência pode ser muito mais tolerável quando temos com quem dividí-lo – mesmo que com outras pessoas na mesma posição. Mostra, também, que o colégio é apenas uma das muitas fases da nossa vida. Temos que aproveitar ao máximo enquanto dura, saber que um dia tudo aquilo ficará para trás, e que as lembranças – boas e ruins – não voltarão mais.

Fica então recomendado “Freaks and Geeks”, uma série teen espetacular e um dos programas mais incisivos que você verá sobre o valor da amizade. Corra atrás!

Categorias:TV
  1. 28 junho 2010 às 5:05 pm

    Como você destacou, o grupo de profissionais que esta série revelou é muito bom. Apesar disso e dos elogios que eu escutei sobre “Freaks and Geeks”, esta é uma série que eu nunca assisti. Beijo!

  2. 28 junho 2010 às 5:18 pm

    Essa eu ainda não vi. Indica Weeds pro midseason, só vi as duas primeiras, mas são geniais. *0*

    • 29 junho 2010 às 5:37 pm

      Ka, você tem jeito de que amaria Freaks and Geeks!! Beijo.

      Mark, não sei se Weeds tem força pra ser indicada huahua… Na verdade, também estou priorizando aquelas séries que não estão mais no ar! o/

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: