Início > Cinema > Meu Vizinho Totoro

Meu Vizinho Totoro

Desde que eu vi “Meu Vizinho Totoro” na HBO quando era criança, eu quero um vizinho Totoro só pra mim. Sei que é muito brega dizer isso, mas ai! O Totoro é uma criatura linda do folclore japonês, um espírito benigno que protege as florestas e se manifesta apenas para as crianças. Ele é grandalhão, está quase sempre com cara de sono e dificilmente esboça reações. Mas também é amoroso, leal e protetor.

Ao menos é assim que os Totoros são apresentados no clássico dirigido por Hayao Miyazaki em 1988. Antes de ganhar renome internacional por “Princesa Mononoke”, “O Castelo Animado” e o vencedor do Oscar “A Viagem de Chihiro”, o animador japonês já maravilhava as plateias com seus traços peculiares, suas obras carregadas da cultura oriental, e sua visão realista e sem concessões da infância. Nos filmes de Miyazaki, as crianças se comportam com a inocência devida da idade, mas também são submetidas a sofrimentos e privações. O mais bacana é que essas dificuldades as amadurecem, mas não as endurecem.

Se a Chihiro precisou fazer trabalho escravo numa casa de banhos para salvar os pais, as protagonistas deste aqui – as irmãs Satsuki e Mei – terão de ajudar o pai a cuidar da casa nova enquanto a mãe das duas está internada no hospital. A ideia de perder a mãe é desesperadora para qualquer criança, e com Mei e Satsuki não é diferente. Mas paralelamente a este drama que paira sobre elas, ambas conseguem experimentar momentos de pureza e magia, sempre estimuladas pelo pai, que conhece e respeita as lendas da região. O Totoro do título mora dentro de uma árvore gigante, localizada no quintal do casebre para onde a família se mudou, na zona rural do Japão. A caçula o acaba encontrando por acaso, numa de suas explorações curiosas. Daí em diante, ele vai aparecer para ajudá-las ou fazer companhia em momentos difíceis.

Revendo o filme com a minha irmã, fiquei surpreso por encontrar todos os elementos irresistíveis que marcaram minha infância. Nem todo longa sobrevive a uma revisão anos depois, quando a nossa bagagem – como espectadores e seres humanos – já está muito mais rica e extensa. “Meu Vizinho Totoro”, por sua vez, conseguiu conservar sua simplicidade, sinceridade e encanto. Suas características superficiais deslumbraram minha irmã como tinham deslumbrado a mim quando tinha a idade dela. Já as leituras mais profundas, que só agora fui capaz de fazer, confirmam o quanto essa obra é atemporal e adequada a todos os públicos.

.:. Meu Vizinho Totoro (Tonari no Totoro, 1988, dirigido por Hayao Miyazaki). Cotação: A+

Categorias:Cinema
  1. 7 junho 2010 às 6:41 pm

    Quero muito ver. Vou fazer uma maratona nesses dias das animações do Miyazaki e do Satoshi Kon. Do Miyazaki só vi Princesa Mononoke, excelente por sinal.

    • 7 junho 2010 às 9:03 pm

      Ibertson, estará muito bem acompanhado nessa maratona. Comece com Totoro. Não tem como não amar!

  2. 8 junho 2010 às 12:05 am

    NUNCA vi esse filme!🙂

  3. Jenson
    9 junho 2010 às 3:08 am

    Parece que vou morrer sem ver!

    • 9 junho 2010 às 4:53 am

      Ka, um pecado! Tem que ver, nem que eu precise te mandar via Sedex!🙂

      Jenson, não diga isso rsrs… Ainda que não encontre pra alugar, tem esse filme pra baixar em muitos lugares por aí!

  4. Rafaella Sousa
    10 junho 2010 às 3:45 am

    Ai, finalmente alguém me entende! Eu sempre disse que queria um Totoro só pra mim e ninguém tinha visto o filme! E eu continuo querendo um Totoro pra mim e choro bicas vendo o filme toda vez😄

    • 10 junho 2010 às 11:33 am

      Rafaella, finalmente alguém que também assistiu!!! O filme é lindo, né? Eu super não me incomodaria se tivesse crescido naquela região rural do Japão, morando do lado daquele bosque e com um Totoro como melhor amigo!!!

  5. Fernando K.
    22 junho 2010 às 2:23 am

    o filme é fantástico, assim como todas as obras de Hayao Miyazaki! Seus filmes são daqueles que vc já fica com saudade logo que acaba! Muito bom!

    • 22 junho 2010 às 2:36 am

      Fernando, não vi todas as obras do Miyazaki, mas todas as que conferi foram nada menos que excelentes!

  6. Vanessa
    28 junho 2010 às 12:41 pm

    Filme maravilhosooooo!!!!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: