Início > Premiações > Comentando os indicados ao Tony

Comentando os indicados ao Tony

Da mesma forma que o Oscar e o Emmy são os prêmios americanos mais prestigiados em matéria de cinema e televisão, o Tony Award é tido como a maior honra do teatro nos Estados Unidos. Ainda assim é bastante limitado, já que considera apenas as peças e musicais em cartaz em Nova York, e não no país como um todo. Também ignoram as produções menores da Off-Broadway, sendo que muita coisa boa parte de lá (é o caso da comentada montagem de “A Streetcar Named Desire” com Cate Blanchett). Uma curiosidade é que existe um outro prêmio, o Drama Desk Award, que fica em segundo na escala de importância e se destaca por reconhecer também os frutos da Off-Broadway. Com isso há um problema grave em relação à audiência do Tony, considerando que o grande público não teve contato com as peças e trabalhos indicados. Os frequentadores da Broadway são em sua maioria os turistas de passagem pela Big Apple, que não necessariamente tem interesse por shows de premiação e que provavelmente não estarão no país na época da cerimônia (ao contrário do Oscar e do Emmy, a entrega do Tony não é amplamente transmitida; no Brasil mesmo só poderá ser vista num canal pago pouco conhecido, o Film & Arts).

Cientes de que precisam atrair a atenção do público de alguma forma, a Academia não nega o apoio a estrelas de cinema de passagem pelos palcos – quer o trabalho esteja à altura de uma indicação ou não. Neste ano, por exemplo, os cinco indicados a Melhor Ator em Peça foram Jude Law, Alfred Molina, Liev Schreiber, Christopher Walken e Denzel Washington, todos nomes já consolidados no cinema. No hall dos famosos, também marcam presença Viola Davis, Laura Linney, Rosemary Harris e Scarlett Johansson – embora as três primeiras não sejam atrizes limitadas e muito provavelmente fizeram jus às menções. Em termos de musical o ano está fraco. No anterior tivemos a consagração de “Billy Elliot”, que dizem ser uma obra-prima (e pelo que vi e ouvi, não discordo), e o muito elogiado “Next to Normal”. Já a grande aposta dessa temporada, “The Addams Family”, foi soterrado por críticas indicativas e só conseguiu indicação em Ator Coadjuvante (Kevin Chamberlin, que faz o Tio Fester) e Trilha Original (de Andrew Lippa, responsável pelo revival “You’re a Good Man, Charlie Brown”, agora em cartaz em São Paulo).

As maiores expectativas estão em torno do novato “Fela!” (não sei muito sobre ele além de que é produzido por artistas pop como Jay-Z, Alicia Keys e o casal Will e Jada Pinkett), e um revival de “A Gaiola das Loucas” (a versão anterior já tinha sido premiada e está sendo encenada no Rio, adaptada por Miguel Falabella). Este último chamou atenção por ser protagonizado por Kelsey Grammer, de “Frasier”, que dizem estar ótimo – ele concorre como Melhor Ator em Musical ao lado de outra figura conhecida da TV, Sean Hayer, o Jack de “Will & Grace”, indicado por “Promises, Promises”. Curiosamente, Kristin Chenoweth foi esnobada por este mesmo musical, que não emplacou em outras categorias nobres. Catherine Zeta-Jones, que se mostrou exímia dançarina e cantora em “Chicago”, tem tudo para ser premiada como Atriz por “A Little Night Music”. Uma amiga que a assistiu disse que não sentiu ao vivo a mesma segurança que Catherine  demonstra nos filmes, mas que seja: por ter o nome mais conhecido dentre as indicadas, o Tony deve contemplá-la. Dos musicais concorrentes o que mais me deixa curioso é um tal “American Idiot”, simplesmente por ter sido dirigido pelo Michael Mayer, de “Spring Awakening”. O fato é que a cerimônia do ano que vem deve ter muito mais atrativos, visto que muitos projetos interessantes estão ainda tomando fôlego na Off-Broadway antes de enfrentar o spotlight. Para todos os efeitos, o Tony 2010 anunciará seus vencedores em 13 de Junho.

Categorias:Premiações
  1. 7 maio 2010 às 9:42 pm

    Tô meio por fora dos musicais neste ano, mas muito me surpreendeu a quantidade de excelentes atores indicados na parte de teatro. Beijo!

    • 7 maio 2010 às 9:58 pm

      Pois é, Ka, mas algumas indicações como a da Scarlett me fazem desconfiar que a fama pesou mais do que o talento na hora da seleção! Beijo.

  2. Leandro
    8 maio 2010 às 6:35 pm

    As esnobadas a Promises Promises e Familia Addams foram merecidas, eles foram muito criticados e pelos audios e gravaçoes que eu vi não parecem msm mt bons. Agora o novo Gaiola tá muito bom! Podia tranquilamente ser o grande vencedor da noite mesmo sendo revival.

    • 9 maio 2010 às 9:37 pm

      Leandro, vc está claramente mais bem informado do que eu rsrs… Não vi nem ouvi gravações de nenhum desses musicais indicados. Vou em breve pra NY e todos os musicais que me interesso por assistir são de temporadas anteriores!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: