Início > Música > Florence of Ages, os álbuns do momento

Florence of Ages, os álbuns do momento

Sempre me pedem para postar um pouco mais sobre música, sobre o que tenho ouvido e recomendado por aí. Com a agenda tranquila do blog nessa semana, posso dedicar esse post a isso. Para começar, estou viciado em Florence + The Machine, que conheci graças à “Grey’s Anatomy”, no último episódio da série que assisti (afinal, apesar dos problemas, “Grey’s” sempre introduziu musiquinhas sensacionais, que casam lindamente com as cenas que acompanham). A música em questão, “Cosmic Love”, se tornou rapidamente uma das mais tocadas da minha playlist, e quando fui atrás do CD completo – entitulado “Lungs” -, descobri que não era exceção. O álbum inteiro é ótimo. A mulher à frente da banda é excepcional. Coloca tudo de si nas interpretações, puxa fôlego do útero e arrasa. O próximo CD vai ser tipo a segunda temporada de uma série que bombou logo de início. Será o atestado de qualidade, a tira-teima. E pela competência dos envolvidos, certamente será muito mais do que uma moda passageira! Abaixo está a música que me apresentou à Florence:

Você tinha ficado com a impressão de que “Glee” entregou a versão definitiva de “Don’t Stop Believin”? Pois achei uma ainda melhor, e de um show da Broadway! Conheci “Rock of Ages” por indicação de uma amiga, e quando fui procurar informações complementares tive a certeza de que preciso ver isso ao vivo (meu programa obrigatório para Nova York no meio do ano!). É um musical sem canções originais, tipo “Mamma Mia!” e “Across the Universe”. O plot é desenvolvido em torno de sucessos – só que dessa vez, não dos Beatles ou (Deus nos livre!) do Abba. Foram selecionadas as mais atemporais músicas dos anos 80, que o público conhece, gosta e sabe de cor (tanto que de acordo com essa amiga, muita gente se levanta e vai para o fundo do teatro curtir de pé). Dão até isqueiros para cada membro da plateia, para que possam iluminar as melodias mais românticas no escurinho. Concebido em Los Angeles, o musical foi levado para a Off-Broadway e então para a primeira divisão, tendo conseguido indicações nobres para o Tony. Também entrou para o Guinness Book no ano passado, pelo maior conjunto de guitarras tocando simultaneamente (o público levava seu próprio instrumento e acompanhava a orquestra)! Ou seja, tem tudo pra ser genial e inesquecível. Fiquem com uma performance espetacular do elenco de “Rock of Ages”!

Categorias:Música
  1. 23 março 2010 às 10:57 pm

    Já tinha ouvido falar do musical “Rock of Ages” porque é estrelado pelo Constantine Maroulis, mas nunca tinha ouvido falar da banda do primeiro vídeo. Deixei carregando aqui! Beijo!

  2. lelacastello
    24 março 2010 às 2:59 pm

    Você postou os meus dois maiores vícios de 2010. Mais uma vez, nossa sintonia me assusta. Teve um post da Florence + the Machineno Oh No They Didn’t esses dias, tenta achar lá, é bem legal.
    E eu quero ir ver com você Rock of Ages no meio do ano !

    • 24 março 2010 às 9:58 pm

      Rafa, minha gêmea de mente, bora pra NY comigo em Julho!!! Diz que sim, diz que sim!!!🙂

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: