Início > Cinema > História de Brinquedo 2

História de Brinquedo 2

Então, foi ver a continuação de “Toy Story” em 3-D nos cinemas? Se não foi, deveria ter ido. O segundo capítulo da série, assim como o antecessor, ficou em cartaz por apenas uma semana, para abrir caminho para a estreia da terceira parte, prometida para Junho. “Toy Story 2” foi inicialmente planejado para um lançamento em home video, mas nem por isso realizado com menor capricho e desvelo. Inclusive a equipe é a mesma, do diretor John Lasseter aos dubladores Tom Hanks e Tim Allen (como Woody e Buzz). Obviamente as cópias relançadas no Brasil não incluem áudio original, embora a versão nacional também seja competente. Por via das dúvidas, o filme pode ser encontrado em DVD, em edição recheada. (Se a sua curiosidade era ver em 3-D, saiba que a tecnologia é mais usada para conferir profundidade às cenas.)

Basta saber que é tão satisfatório quanto o primeiro, bastante simples em seu ponto de partida, mas genial nas situações que cria enquanto movimenta a trama. Dessa vez, Woody foi roubado por um colecionador de brinquedos raros, que quer exportá-lo para um museu no Japão junto com outros bonecos do Velho Oeste. Fica mais escancarado o que muitos não sacaram no longa anterior: que a substituição de um boneco cowboy por um astronauta está relacionada a dois ícones da cultura americana, quando o primeiro grupo deixou de ser o maior símbolo nacionalista frente à popularidade crescente do segundo. Havia até a possibilidade de ambientar a história no final dos anos 60, e de fato é tão atemporal que, não fosse pelo modelo dos carros, eu compraria a ideia de que é um filme de época. Afinal, exala nostalgia e remete à uma infância pré-computadores, onde os brinquedos comuns de plástico eram a maior fonte de diversão doméstica (foram parte substancial dos meus primeiros anos de vida).

Enfim, para dar segmento ao enredo, os outros brinquedos saem pela cidade à procura de Woody. Chegam a parar o trânsito, a se perder numa loja e a invadir o terminal de um aeroporto. Esses pequenos episódios dão liga a um filme divertido e irresistível, esperto em sua comicidade (chegou a ganhar o Globo de Ouro da categoria!), sensível na dose certa (diz se não é emocionante encontrar brinquedos experimentando sensações tão humanas?) e capaz de extrair aventura das maiores banalidades. Os cinéfilos experientes vão sacar piadas com filmes famosos, como o uso da trilha de “2001 – Uma Odisséia no Espaço” (no videogame de Buzz Lightyear) e as paródias a “Jurassic Park” e “Star Wars – O Império Contra-Ataca”. Bacana também são os erros de gravação simulados, outrora tradição dos créditos finais, que a Pixar acabou deixando de lado. A trilha é mais uma vez de Randy Newman, que concorreu ao Oscar por uma das canções, e o visual mantém o nível de profissionalismo do estúdio. Um “must-see”.

.:. Toy Story 2 (Idem, 1999, dirigido por John Lasseter). Cotação: A-

Categorias:Cinema
  1. 12 março 2010 às 2:48 am

    Tenho um apreço muito maior pelo primeiro!

  2. 12 março 2010 às 2:17 pm

    Devo conferir próxima semana!

    • 12 março 2010 às 2:33 pm

      Jenson, gosto igualmente de ambos, com o primeiro um fiozinho de cabelo acima!

      Robson, ainda está em cartaz na semana que vem? Não sabia… Se estiver, não perca!😉

  3. markhewes
    12 março 2010 às 3:23 pm

    Eu revi o primeiro no cinema, mas esse não.

  4. 13 março 2010 às 12:32 am

    Eu vou assistir à continuação, em 3D, amanhã! Então, depois, passo aqui pra falar melhor sobre o filme! Beijo!

    • 13 março 2010 às 9:15 am

      Mark, perdeu, super vale a pena rever!!😦

      Ka, vou esperar seu comentário! Ainda não creio que vc nunca tinha visto os dois Toy Story antes! rsrsrs… Beijo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: