Início > Diversos > Sem mais o que inventar

Sem mais o que inventar

Demoro para me render a essas invenções que pipocam à todo instante na internet. Fiquei meses contrariado com o Twitter, por exemplo, antes de viciar de vez – e mesmo agora, quando ler os tweets alheios e tweetar minhas próprias ideias se tornaram parte indelével do meu dia, continuo achando o site pesado demais para algo tão simples, a interface feia e os adereços muito lentos.

Com o Orkut também tenho uma relação de amor e ódio. Não vivo sem passar diariamente pelas minhas comunidades favoritas – inclusive fiz muitos amigos e inimigos através delas. No entanto, acho essa nova versão do site uma cópia barata do Facebook, com o qual nunca me acertei. Acho uó esses joguinhos e aplicações que surgem aos montes, tais como bonequinhos personalizados, torcidas organizadas de times de futebol, e teste do QI. Também tenho pavor de receber convites para plantar milho ou macieiras nas fazendinhas virtuais. Fala sério, né?

A nova modinha é o Formspring, um tipo de site de entrevistas que cresceu com enorme rapidez. Alguém te faz uma pergunta, você responde – e também tem a opção de perguntar o que quiser aos outros. Simples assim. Ainda não sei bem o que achar da brincadeira. Criei uma conta ainda há pouco e estou empenhado a conhecer melhor (as críticas variam, de amigos que adoram a outros que abominam). Essa é a chance de você, leitor, saber um pouquinho mais do rapaz por trás do blog. Caprichem nas perguntas, e sejam gentis! Ah, e um apelo de coração aos amigos que tem tanto Formspring quanto Twitter… Ficar copiando as perguntas de um e tweetando no outro, vamos combinar, não dá! Só um toque!

Você pode encontrar Louis no Orkut, no Facebook, no Twitter e no Formspring clicando nos respectivos sites. O e-mail de contato está sempre aí ao lado: vidovix.louis@gmail.com! Tem sido um prazer trocar ideia com vocês!

Anúncios
Categorias:Diversos
  1. Kamila
    13 janeiro 2010 às 12:24 am

    Louis, eu sempre gosto de trocar ideias com você. Foi assim que nos conhecemos, trocando opiniões na comunidade do American Idol. Fico muito feliz de ser sua amiga. Adoro conversar contigo e ler seus textos e poder te conhecer através deles. Beijo!

  2. 13 janeiro 2010 às 1:33 am

    esse formspring é meu atraso de vida na semana. adorável. e pior, fico eu, namorado e amigos íntimos brincando… é que nem aqueles caderninhos da escola, lembra? (se bem que vc é muito jovenzinho, não sei se isso foi moda na sua época…).
    já fui lá perguntar, mas super não era a pergunta que eu queria fazer. a original eu esqueci mesmo, hahaha.
    beijomepergunta. aloka.

  3. 13 janeiro 2010 às 3:28 am

    Louis, nunca fui muito fã do twitter, acho que porque não gosto de postar tudo que to fazendo ou pensando, acho que expor minha vida na internet nunca foi uma coisa que gostei. Já o Formspring apesar das perguntas chatas, você sempre tem como aceitar e mesmo assim dar uma resposta meio vaga ou até mesmo só rir da pergunta, hahaha. Orkut no começo eu odiava, hoje nem amo, mas sempre to lá pra ver as novidades dos amigos e as minhas também, tais como scraps e tudo mais. Mas todas essas invenções me irritam.

    • 13 janeiro 2010 às 7:38 am

      Ka, obrigado! Vc sabe que, dentre todos os amigos virtuais que fiz, és a mais especial! 🙂 Beijo.

      Quéroul, claro que me lembro – cadernos de enquete!!! huahuahua… Bem nessa… Mas ainda não viciei nesse Formspring! Vamos esperar pra ver.

      Mark, tinha as mesmas reservas em relação ao Twitter, mas dá para atualizar constantemente e ainda assim manter privacidade. O Formspring de início me incomoda pelas perguntas anônimas – como tem gente baixa nesse mundo!! Algumas até respondo na zoação. Já o Orkut gosto mais pelas comunidades do que pela rede de amigos, fotos ou scraps.

  4. Tiago
    13 janeiro 2010 às 10:00 am

    É, twitter eu tbm tenho e até viciei, agora esses aplicativos do Orkut eu tenho aquele bonequinho que deve estar igual uma mumia, abandonado geral, e sobre times de futebol que só criei mesmo, agora esse lance de fazenda, colher milho e tals não dá nem chego perto, abomino.

    Sem conta que eu estava na faculdade um dia ai, estavamos conversando então viraram e falaram: ‘nossa vou chegar em casa, cuidar da minha plantação, do meu filho’ WTF!! eu juro que eu pensei na hora que a pessoa tinha fazenda em casa, mas não era a maldita da colheita feliz do orkut ou seja lá o que for.

  5. Tiago
    13 janeiro 2010 às 10:01 am

    * milho não filho ahahah

    • 13 janeiro 2010 às 3:50 pm

      Tiago, essa fazendinha online é o cúmulo da desocupação!!! Conheço gente que vive em função de plantar milho huahuahuahua…

  6. 13 janeiro 2010 às 7:38 pm

    Louis, eu percebi que no twitter você consegue manter bastante sua privacidade, isso é legal, já o pessoal anônimo do formispring só quer saber se fulano come ou dá, e no meu já teve essa pergunta umas 3 vezes, a primeira aceitei mas ficou sem resposta e agora não é que vou lá no “Inbox” e leio a mesma pergunta pela terceira vez? Minha raiva é tanta que nem te conto aqui o que da vontade de falar se não vou ser baixo também, hahaha.

  7. 13 janeiro 2010 às 7:39 pm

    Ah e a fazenda já me falaram pra usar também e eu pensei “Pra quê?”.

  8. 13 janeiro 2010 às 9:01 pm

    formspring, então?

    surgiu também twitter as avessas, que para postar você tem que escrever no mínimo 400 letras, ou algo assim. pelo jeito não deu certo.

    Abraço

  9. 13 janeiro 2010 às 10:17 pm

    Querido!
    Bem vindo de volta … Fato não existe mais o que inventar … não gostei do twitter atualizo uma vez ao mês e olhe lá … o Facebook não me arrisquei ainda, e o orkut fica cada mais sem graça … porém adoro esse mundo dos blog!

    • 14 janeiro 2010 às 1:12 am

      Mark, estou achando engraçado. As pessoas estão cada vez mais criativas para me perguntar sobre minha orientação sexual! Disfarçam e enrolam huahuahua!

      Bruno, nunca tinha ouvido falar desse dos 400 caracteres. Pelo visto não vingou! Abraço.

      Cleber, eu tb! Se tivesse que escolher um só para manter, prosseguiria com o blog.

  10. 14 janeiro 2010 às 3:01 am

    Louis, eu vi que colocaram até cabras no meio, hahahah.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: