Início > Diversos > Louis no limite da razão!

Louis no limite da razão!

Já faz tempo que eu queria trazer este assunto ao blog, embora sempre tenha faltado oportunidade. Mas o ano vai chegando ao fim, e com ele, a primeira temporada do “Letters from Louis”, que sai de férias em breve (antes, podem esperar pelas listas que faltavam, tanto dos melhores filmes do ano quanto dos melhores da década). Então aqui vai uma reclamação sincera, de um cinéfilo que muito frequenta as salas de projeção brasileiras: sabe uma coisa que me dá nos nervos? O que mais me irritou neste ano de muitos filmes na minha vida? Os anúncios (ou propagandas, como as pessoas chamam erroneamente) antes de cada sessão.

Não estou brincando – é um saco! Já tem um tempinho que isso é hábito por aqui, pelo menos em São Paulo. Antes dos trailers, e antes do (geralmente tosquíssimo) aviso de segurança (que envolvem animações computadorizadas, tais como saquinhos de pipoca ou “lanterninhas” cantores, para explicar aos usuários como se comportar em caso de incêndio e tudo mais), vemos uma enxurrada de publicidade. Anúncio da Coca-Cola, do Guaraná KUAT, do Banco Itaú, da Revista Piauí, até mesmo do governo. E tem algumas pobres de doer – como a do pai de família que dava um testemunho (super forjado) sobre o dia em que quase atropelou um motociclista; ao fundo ficava um grupinho tocando uma viola acústica, e ao final do depoimento vinha a vinheta: “Motorista Legal É Motorista Consciente”. O Unibanco do Shopping Bourbon – o cinema que eu mais frequento, por comodidades geográficas – é insuportável com isso. Reserva no mínimo dez minutos para anunciantes, e uma colega minha da bilheteria me disse que tem um funcionário encarregado só de perambular de uma sala a outra, checando na prancheta se todos os anúncios foram devidamente exibidos.

Às vezes, é tanta publicidade que eles sequer exibem os trailers. Até porque, com vinte minutos de enrolação, o espectador já está física e psicologicamente exausto quando o filme começa. E isso não é exclusividade das salas do Brasil (mas no Canadá, por exemplo, as propagandas são exibidas antes do horário estipulado como início da sessão, enquanto as pessoas vão se assentando). Entendo que os cinemas em si não lucram com tudo – o dinheiro da bilheteria é dividido com a distribuidora, o estúdio e os produtores, e a maior grana extra vem da venda de pipocas e refrigerante -, que tem uma infraestrutura cara, equipamentos custosos, e contas e empregados a pagar. Só que tirar uma grana paralela lotando as sessões de publicidade é desrespeitar o público. Sinto muito – conheço de perto a dificuldade dos publicitários, que penam para atingir as pessoas numa época em que a comunicação está cada vez mais seletiva e interativa. Mas propaganda no cinema está, como diria a sábia Cleycianne, amarrado três vezes!

Anúncios
Categorias:Diversos
  1. henriquezrx
    13 dezembro 2009 às 1:40 am

    Cara, como eu já disse… minha cidade tinha um único cinema, mas fechou as portas há alguns anos. Então, sempre quando viajo para outra cidade, procuro ver o que tem de novo nos cinemas e sempre que tenho tempo confiro algum filme. Concordo plenamente contigo, eles deveriam ter no mínimo um pouco mais de respeito referente à enxurrada de anúncios que nos fazem assistir. Se fosse adotado passá-los antes do horário previsto para o filme, como você mencionou que é no Canadá, não me incomodaria nem um pouco. ;] Então recesso no letters from louis, boas férias, mas antes as listas! Abraços heiuhaua

  2. 13 dezembro 2009 às 1:46 am

    Concordo com tudo. Não sabia do sistema do Canadá, é um bom parâmetro. O Unibanco Tá quase lá, incomoda horrores. Mas o mais hilário são as informações de segurança. Eles avisam sobre a porta anti-pânico, desenhada pra… salvar uma turba apavorada. Sério, pra que avisar? Possível que a pessoa ainda tente abrir por lembrar a instrução errada, e ser pisoteada.

  3. Tiago
    13 dezembro 2009 às 2:14 am

    Concordo com tudo o que você falou, moro no interior de Sao Paulo e aqui o cinema é ótimo os filmes não atrasam em nada, enfim so que nada disso que você falou que acontece aí como essas publicidade antes dos filmes, não acontece por aqui.

    Na verdade por exemplo ouvimos musica no cinema daqui antes de começar o filme, na semana da morte do Michael Jackson so tocava as musicas dele UAEHUAHEUEHU e ahh sobre sistema de segurança ou incendio nada disso tem haeuheauhau se acontecer teremos que achar sozinhos e salve-se quem puder UAHEUAIEHEUAH, de qlq modo num geral eu até gosto porque assim que apagam as luzes começam já os trailers e logo em seguida o filme. 😀

    • 13 dezembro 2009 às 2:18 pm

      Henrique, concordamos em tudo! 😉 E não se desespere porque o recesso do blog será breve, e não-imediato! rsrs…

      Pedro, essas instruções de segurança são MUITO toscas. Difícil escolher a pior, como já comentei com você. E não gravam informação nenhuma no pessoal…

      Tiago, vou ocasionalmente ao interior – e ao cinema de lá – e de fato essa moda irritante ainda não pegou por lá! Mas tocam umas musiquinhas muito pobres mesmo rsrs… Nos Cinemark de São Paulo, temos direito a tudo – música antes da sessão (da Rádio Cinemark), uma maratona de publicidade e três ou quatro trailers. Começa o filme e eu já não aguento mais ficar ali!!!

  4. 13 dezembro 2009 às 3:22 pm

    De acordo com tudo, PÉSSIMO essa coisa!

  5. Rafaella
    13 dezembro 2009 às 6:40 pm

    Eu vou ao cinema com bastante freqüência aqui no Rio, normalmente no cinema do shopping que fica mais perto da minha casa, então, eu sofro como vc, Louis. O pior é q eu já estou decorando as falas de alguns anúncios! E eu sei a ordem dos anúncios! Fora q alguns são tão péssimos q me dão vergonha alheia XDD

  6. 13 dezembro 2009 às 6:59 pm

    Aqui, nós temos também propagandas antes de cada filme, mas confesso que as mesmas não me incomodam! O que me incomoda mesmo são os 10 minutos de trailers antes de cada filme! rsrsrsrsrssrs

    • 13 dezembro 2009 às 9:10 pm

      Cleber, bota péssimo nisso!

      Rafaella, exatamente! E às vezes tem uns anúncios tão toscos que eu nem sei aonde enfiar a cara rsrs…

      Ka, eu gosto de dar umas conferidas nos trailers! Se cortassem a publicidade e partissem direto para eles, acho que você também os veria com maior prazer! 🙂

  7. 14 dezembro 2009 às 12:24 am

    Vantagens de Maceió, isso não começou aqui ainda. Como até muito pouco tempo atras só dispunhamos de 4 sala de cinema na cidade (para meu total desespero), até que dava pra tirar um dinheirinho bom, já que num tinha muita variedade. ^^
    (espero que essa praga não chegue aqui (yn) )
    =*

  8. 14 dezembro 2009 às 3:17 am

    pois é,grande Louis. todos querem arrancar uma fatia de grana maior que o possível. se ‘mais grana significa ‘ mais anúncios da coca-cola’, então é a regra. tudo em nome do dos lucros exorbitantes. abraço 🙂

    • 14 dezembro 2009 às 7:45 am

      Jecik, vou torcer pelo seu bem-estar no cinema! rsrsrs…

      Jeniss, é mesmo um saco. O que incomoda nem é a publicidade em si, mas seu excesso. Abraço!

  9. 14 dezembro 2009 às 1:01 pm

    ahhhh, eu gosto das animações tosquinhas 😀
    cinema me desgasta hj em dia, tô velha. é muito caro e o povo não tem educação. no último filme que vi, um imbecil levantava o celular pra ficar mandando torpedo pros amiguinhos e eu só enchergava a telinha do celux, não a telona do cinema.
    um programa tão agradável se torna tão insuportável… uma pena.

    • 14 dezembro 2009 às 1:16 pm

      Quéroul, tem que ter muito jogo de cintura mesmo! Em geral sou a favor de cinema com lugar marcado, mas sem a marcação ao menos temos liberdade para sentar bem longe dessas pentes que eventualmente impregnam nas sessões!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: