Início > Cinema > Filmes da Mostra #4: O Solista

Filmes da Mostra #4: O Solista

Conhecia o trabalho do diretor Joe Wright por dois filmes de época: a adaptação super competente de “Orgulho e Preconceito”, com Keira Knightley no papel principal, e o belo “Desejo e Reparação”, baseado no romance de Ian McEwan e também com Keira. Pois em “O Solista” ele abandona as inglesas de espartilho e sua musa inspiradora para se dedicar à outra adaptação, só que dessa vez contemporânea e ambientada em Los Angeles.

the-soloist1

Serviu de base o livro do jornalista Steve Lopez – interpretado com a excelência costumeira por Robert Downey Jr. -, que encontrou um sem-teto com problemas mentais (Jamie Foxx) tocando violino nas ruas com extrema perfeição. Intrigado, foi averiguar o passado do homem e descobriu que ele tinha frequentado a Julliard, a academia de música de maior prestígio dos Estados Unidos, e abandonado os estudos quando começou a ouvir vozes (mas não fica claro qual é o seu verdadeiro problema, apenas dão a entender que é um tipo de esquizofrenia). Lopez coloca esse mendigo como tema de sua coluna e gera enorme comoção. Mas os problemas não desaparecem. Pelo contrário: quando o escritor tenta tirá-lo das ruas e colocá-lo num apartamento, provoca um surto violento que vai se repetir em outras ocasiões. Entrementes, Lopez convive com outros desabrigados e ajuda a pressionar a Prefeitura para que invistam em melhores centros. Mas ao final pouco se sabe sobre ele – apenas que foi casado com uma colega de trabalho (Catherine Keener) e que tem um filho adolescente (que sequer aparece). Quanto ao outro lado da moeda, é impossível não ligar o personagem de Foxx ao de Geoffrey Rush em “Shine”, baseado num caso verídico muito parecido (o de um exímio pianista com atraso mental). Basta dizer que Rush é um ator muito superior, e que o roteirista de “Shine” conseguiu destrinchar a personalidade com maior sucesso (aqui nem esforço fazem para desvendá-lo; acham que apelar para o melodrama já é o bastante).

Embora Wright nunca perca o fio condutor (repare como certas cenas parecem ecoar nas outras, como é muito comum nos filmes do Fernando Meirelles), ele sai prejudicado por uma narrativa prosaica e analógica, a qual nada poderia ser acrescentado. Termina como um filme medíocre, ordinário e demagogo (não à toa, está passando pela Mostra sem badalação). Ao menos me deu a chance de ver o ídolo Lafayette, de “True Blood”, fora da série da HBO (o ator Nelsan Ellis interpreta um dos funcionários do abrigo para onde vai o Jamie).

.:. O Solista (The Soloist, 2009, dirigido por Joe Wright). Cotação: C+

Anúncios
Categorias:Cinema
  1. 25 outubro 2009 às 2:18 pm

    ainda assim, tenho muita curiosidade de ver esse filme, Louis. só não sei se terei a oportunidade de conferir nos cines da cidade. mas creio que seja um 7.5, ou 8.0
    abraço 🙂

    • 25 outubro 2009 às 3:31 pm

      Jeniss, se for para apelar para seu amigo Download, creio que já tenha links em boa qualidade. Mas não abri mão de ver nos cinemas! 🙂 Abraço.

  2. 25 outubro 2009 às 10:48 pm

    Eu só quero ver esse filme por causa do Joe Wright, um diretor que gosto bastante, mas não tenho expectativa alguma para “O Solista”, até porque as opiniões são bem parecidas com as suas. Beijo!

    • 26 outubro 2009 às 3:56 am

      Ka, eu também esperava pouquinho e ainda assim achei que o diretor pode mais que isso. É mesmo aquilo que a maioria andava dizendo. Uma história edificante, mas bem comum! Beijo.

  3. 26 outubro 2009 às 6:46 pm

    Hum… Esse tinha me deixado curiosa quando eu vi a sinopse no sitedo cine. É bem útil ver o que sai na mídia sobre doenças mentais pra indicar pra meus colegas ou esculhambar. Apesar da critica, vou dar uma olhada qnd estreiar. ^^

    =*

    • 27 outubro 2009 às 1:37 am

      Jecik, por tratar de um tema tão particular, acho que o filme merece, sim, ser visto. Eu achei mediano, mas um amigo meu adorou e o coloca entre os melhores do ano. Quem sabe o filme não te toque dessa maneira? Beijo.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: