Início > Cinema > Desenho de gente grande

Desenho de gente grande

No meu texto sobre “Tá Chovendo Hambúrguer” comentei que não basta para uma animação entreter apenas as crianças, porque existe uma parcela significativa do público – os pais que levam os filhos ao cinema – que também precisa ser levada em consideração. Por outro lado, é perfeitamente possível que uma animação seja direcionada exclusivamente aos adultos, e com muito sucesso. É mais ou menos o que acontece com “9 – A Salvação”, já em cartaz nos cinemas brasileiros. Não é fita para a garotada, é de gente grande. Lúgubre, sombria, séria, pessimista, e com um desfecho aberto a reflexões.

9

Num futuro apocalíptico, devastado pela ciência desenfreada (mais precisamente por um certo monstro de metal que adveio de uma experiência mal-sucedida), nove bonecos são criados para preservar as noções de compaixão e humanidade, antes que estas sejam extintas pelo pânico, o desespero e a crueldade. O último desses bonecos (o 9 do título) desperta logo no início da projeção, e os propósitos de sua missão vão sendo aos poucos revelados. Como é evidente, a premissa tem pontos interessantes e ideias válidas. O roteiro, contudo, carece de substância, e não consegue desenvolvê-los de forma a sustentar a metragem de uma hora e meia. Não por acaso, foi baseado num curta do próprio diretor, Shane Acker, que chegou a concorrer ao Oscar da categoria em 2006. Se sua técnica é impecável (os efeitos audiovisuais são de cair o queixo, dos traços peculiares dos personagens ao som mixado à risca), o mesmo não pode ser dito de sua habilidade narrativa: os acontecimentos resultam truncados e a trama, sem ritmo ou rima. Acker é um nome a se guardar e um cara a quem prestar atenção. Tem talento, mas ainda está verde, e suas dificuldades e limitações ficaram mais que evidentes.

Em todo caso vale experimentar (deixo claro que não é muito comercial e que o público de arte terá maior identificação). Se serve de incentivo, Timur Bekmambetov (o russo que fez “O Procurado”) e o freak de todas as horas Tim Burton vestiram a camisa do projeto e o assinaram como produtores.

.:. 9 – A Salvação (9, 2009, dirigido por Shane Acker). Cotação: C-

Anúncios
Categorias:Cinema
  1. 17 outubro 2009 às 1:39 pm

    Hum… Mais um pra lista? rsrs

    • 17 outubro 2009 às 9:11 pm

      Jecik, se desenhos mais sérios forem seu baile, pode botar na lista! 🙂

  2. 18 outubro 2009 às 5:21 pm

    Este filme é mais para adultos que para crianças. O roteiro faz uma discussão muito interessante, com ideias bem progressivas. Uma pena que ele parece copiar vários dos elementos de filmes como “Wall-E”, por exemplo!

    Beijo!

  3. 18 outubro 2009 às 8:00 pm

    Concordo com voce, Louis. Achei o filme medio, mesmo para aquilo que propoe. Mas ouvi maravilhas do curta q serviu de base, q vc mencionou no texto.

    • 18 outubro 2009 às 8:54 pm

      Ka, não vi tanto assim do Wall.E, talvez por achar este aqui muito inferior. É bem feito e o roteiro tem boas ideias, mas o ritmo é irregular, marcial, difícil de se envolver. Wall.E é pura doçura! Beijo.

      Jô, tb só ouço elogios ao curta. Todos dizem que é melhor que o filme. Se o encontrar verei com prazer!

  4. 19 outubro 2009 às 1:39 am

    Esperava que este filme fosse ser melhor… ainda bem que deixei para assistir em DVD.

    • 19 outubro 2009 às 4:55 am

      Wally, tb esperava que fosse superior. Talvez em DVD a experiência seja mais satisfatória…

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: