Início > TV > Quando Grey’s Anatomy decepciona

Quando Grey’s Anatomy decepciona

No ônibus de volta pra casa, no entardecer dessa Quinta-feira, pesquei a conversa entre uma moça e o cobrador e podia jurar que eles estavam discutindo sobre “Grey’s Anatomy”. Talvez eu tenha imaginado coisas, porque eu mesmo só tinha cabeça para a estreia da sexta temporada do programa, mas é fato que o Brasil, assim como o resto do mundo, estava voltado em peso para este super evento televisivo, alardeado em todo canto desde que a temporada anterior deixou pendente o destino de dois personagens fixos. No texto a seguir, vou discutir abertamente os primeiros episódios da retomada. Quem não acompanha junto dos Estados Unidos e prefere evitar spoilers fica aconselhado a abandonar a leitura por aqui.

Grey-s-Anatomy-season-6

Aos que continuam comigo, tampem os ouvidos e tirem as crianças da sala. Vou xingar. Que *&%$#@*&%$ de episódio. Terminei a primeira parte e fiquei com raiva, e só não atirei longe o computador ao final da segunda porque paguei a máquina à prestações e porque os últimos minutos não foram tão ruins assim. Quem não vive numa bolha e deu uma olhada nos promos e sneak peeks liberados sabe que Izzie sobrevive ilesa e que George parte dessa para uma melhor. E se você estava intrigado sobre o efeito que essa morte inesperada teria na vida dos colegas, vai se frustrar amargamente. A criadora Shonda disse que o especial de duas partes seria sobre os estágios do luto, mas quase todos os personagens fugiram dessa confrontação como o diabo da cruz. As exceções foram Callie (a atriz Sara Ramirez é irregular, mas se saiu bastante bem aqui), Miranda (agora atendente, num uniforme azul marinho elegantérrimo) e Lexie (que dividiu um momento consternado com Sloan). A primeira e a última, aliás, foram os grandes destaques do episódio. Sério? Eu esperei quatro meses e cacetada para ver Callie & Lexie no centro da ação? Repito: Callie. E Lexie. Me poupe, Shonda.

A protagonista Ellen Pompeo estava grávida quando rodaram o capítulo (o rosto rechonchudo é evidente), então já era meio esperado que Meredith fosse jogada para escanteio. Mas e Katherine Heigl, que disse em entrevistas que estava sendo sodomizada pela equipe, gravando 17 horas por dia? Izzie apareceu tão pouco quanto (não que eu reclame; não gosto dessa lambisgóia). E Cristina, cadê? Se juntou ao Hunt na terapia, numa das várias tentativas infelizes dos roteiristas de suavizar a trama com pitadas de humor. Acontece que ninguém estava no clima para risadas. O público estava na retaguarda, depois do pôster com os guarda-chuvas pretos e os promos divulgando o enterro. E mesmo nessa cerimônia fúnebre eles tiveram a pachorra de colocar o quarteto dando boas gargalhadas (tudo bem que a Izzie disse na segunda temporada que tinha reações inapropriadas em situações como esta, mas não era hora nem lugar). A impressão que ficou, contudo, foi a de que optaram pela sobriedade. Não faltaram cenas secas, com o mínimo possível de trilha sonora (seja as faixas incidentais da série, seja as musiquinhas tradicionais). E quantas cenas apressadas, meu Deus! Pra que correr tanto a narrativa? Semanas se passavam num piscar de olhos, sem que ficasse claro que acontecimento A levou a B que levou a C (ou seja, cenas avulsas e sem continuidade).

A morte de George, que deveria ser o refrão de “Good Mourning” e, em parte, de “Goodbye”, foi nada mais que uma subtrama – quem sintonizou na metade do episódio deve ter tido dificuldades de entender o que tinha sucedido. Eu lá quero saber se o Conselho quer que o Chief Webber se aposente? (Por que vamos combinar, acompanhamos “Grey’s Anatomy” por cinco anos – dois anos na ficção – e ele realmente se provou, em mais de uma ocasião, incompetente para ocupar tal cargo.) Derek pode se tornar Chief? E eu com isso? O’Malley está morto e sepultado, sendo comido por vermes nesse exato instante, e parece que ninguém se deu conta! Também não pude me importar menos com os pacientes, um garoto com “dores de crescimento” (seria a mãe dele a Steph de “Os Goonies”? Achei super parecida, quem souber confirma aí) e uma viajante australiana que perdeu os dois braços e uma perna num acidente (reparem o quanto forçaram a barra para usá-la como metáfora para os conflitos íntimos do Hunt – assim como fizeram com a Izzie e a moça que o George salvou do atropelamento, numa cena tão mal escrita que me fez sentir vergonha pelas atrizes declamando o texto).

Para não falar que foi “zero emoção”, vou enumerar os momentos em que meus olhos aguaram. Foram três: primeiro quando a Miranda pergunta quem vai receber os órgãos do George; segundo quando Derek para o elevador para dar à Miranda (sim, ela, a grande e única!) um segundo para extravasar as dores (ela fez algo parecido por ele na segunda temporada); e terceiro, lá no finalzinho, quando Meredith vê o jaleco de George  sendo encaixotado à medida que um funcionário esvazia seu armário. Mas só. Nem com a mãe do George eu chorei (até porque achei covardia ela confrontar o Hunt daquele jeito, no estilo “Você incentivou meu filho a se alistar no Exército e por isso ele estava naquela esquina quando foi atropelado; sinta-se culpado porque precisamos da sua infelicidade para render história para essa temporada”). E os irmãos do George, cadê? Acampando? Eles gastam o maior dinheiro para produzir o episódio e não podiam chamar os dois atores para participar? Nem que fosse para amparar a mãe durante o enterro. Tenho certeza que o cachê deles é baratinho. De repente eles topariam aparecer em troca de um prato de comida.

E o gancho da vez: o Seattle Grace Hospital vai se fundir ao Mercy West (onde a Callie está trabalhando, aliás, depois de uma discussão acalorada e exagerada com o Chief). Mas parece desculpa para enfiarem mais personagens novos e irem preparando os fãs para o dia em que não restará em “Grey’s Anatomy” ninguém do elenco original. Nem a Grey do título. Eu, que diante de episódios como estes já fico tentado a largar a série, posso garantir que não insisto até lá. Palavra de bruxo.

Anúncios
Categorias:TV
  1. 25 setembro 2009 às 4:33 am

    Nossa você tirou as palavras de minha boca!

  2. 25 setembro 2009 às 5:01 am

    Em compensação acho que volta de Nip/Tuck na sexta temporada supera, porque se tem uma coisa que Nip/Tuck não falha é com os primeiros episódios, né Louis? Pilot, Erica Noughton, Momma Boone, Cindy Plumb (mesmo sendo da temporada mais chata, o primeiro na minha opinião foi no nível das primeiras, claro que sem muita novidade e cenas chocantes, mas foi bem escrito e dirigido), Carly Summers (mesmo apostando no humor, não teve falha, apenas exageros e clichês a parte) e Ronnie Chase (que apesar de não ser o primeiro, é um “começo de temporada” basicamente). E as finales de Nip/Tuck começaram falhar desde a quarta temporada e mesmo Quentin Costa sendo ótimo, tem uns defeitos, então de season finale de Nip/Tuck as melhores foram Escobar Gallardo e Joan Rivers. Meu Deus, falei de outra série no post de Grey’s Anatomy, viajei legal, haha. Mas é que não vi o primeiro da sexta de GA e to aguardando o primeiro da sexta de Nip/Tuck desesperadamente.

    • 25 setembro 2009 às 5:07 am

      Raphael, geralmente gosto de conversar com quem compartilha a mesma opinião, mas neste caso confirma que Grey’s realmente começou com o pé esquerdo e que não é só minha impressão! Medo do que vem por aí.

      Mark, tranquilo huahuahua… Também adoro Nip/Tuck e fiquei com água na boca pelos promos que você me mandou. Christian e Liz em pé de guerra será o máximo, pode escrever! Vou tentar comentar o season premiere de N/T também na época da estreia. Fique de olho.

  3. Lidiane A. A Moser
    25 setembro 2009 às 12:06 pm

    Amo G.A, o final da quinta temporada foia aquela coisa…E depois volta com essa coizinha fala sério….Deixou muito a desejar o DEnny morre prescisa de um eter no luto, vivido até a ultima temporada pelas alucinações da Izzie.E o Gorge morre e é aquela coisa pobre?Parecia que era um pacienete que estava morrendo.POr onde eu assisti estava travando muito e as senas iam e viam.E u pensei que era meu pc que não estava bom.Mais lendo aki, vi que realmenet estava uma porcaria.Penso que o mundo inteiro vai reclamar com a aautora.O quêela quis dizer ( OLha vc vai sair e não estamos nem ai para vc, nada aconteceu!!)Ou não quis um coisa grande para agente não sentir falta dele depois?Só sei que eu queria ver mais e não foi ossivel.Até para mim que não entendo inglês dava para perceber que nada se fala do Gorge….Ficou devendo.Quem sabe a Mer surta depois, como geito Mer de ser.Ou o Owen se sinta culpado, outra coisa qualquer!!!!

  4. 25 setembro 2009 às 12:12 pm

    Eu não consegui assistir, travou muito aqui. Mas acompanhei pela comunidade cada segundo que descreveram (li mais de 1000 posts em duas horas). E, sinceramente, me decepcionei. Aguardarei o link pra assistir com calma e vou torcer que eles melhorem os proximos episodios. Pra quê tanta pressa? ¬¬

  5. Lidiane A. A Moser
    25 setembro 2009 às 12:12 pm

    OU A izzie tenha alucinações com ele….Certo que saiu o comenterio que ele não quis gravar mais nada que inclusive aquela sena que ele aparece para a Izzi já havia sido gravada com o Denny,ele já tinha até cortado o cabelo por isso coloca -ló vestido com farda, comos eles tivessem gravados juntos.Mais a autora pegou pesado!!!!

  6. Denise
    25 setembro 2009 às 12:12 pm

    Concordo em genero, numero e grau. Se for para ficar mutilando a série,melhor acabar com ela enquanto está por cima.

    • 25 setembro 2009 às 12:32 pm

      Lidiane, exato. Foi como se morresse outro paciente qualquer, e essa não é uma despedida justa para o George! Quanto às travadas, é porque tinha muita gente assistindo pelo mesmo servidor. Mas já estou com o episódio em AVI. Revi a primeira parte e mantenho minha decepção!

      Jecik, também não entendi o motivo de tanta pressa. Correram muito sobre acontecimentos importantes, que a gente (eu?) gostaria de apreciar com mais calma, tendo tempo para “sentir”.

      Denise, concordo, e por mim “Grey’s” terminaria com dignidade, com o máximo de personagens originais que fosse possível manter.

  7. Priscila
    25 setembro 2009 às 1:57 pm

    Gostei muito do comentário que você fez , concordo plenamente em tudo que disse , estou abobalhada e arrasada até agora , vamos esperar que eles melhorem daqui para lá , porque ontem tudo ficou meio confuso e fora de foco para mim.

  8. luan
    25 setembro 2009 às 2:59 pm

    concordo plenamente com todas as palavras vidovix!!!
    e já te disse isso!!!!
    foi realmente um lixo!!!
    uma coisa eu digo: o geoge nao era o cara do burke, e que estária com ele em todos os momentos dificeis ? cade ele nesse momento
    abc é muito mão de vaca!!!!

    • 25 setembro 2009 às 3:50 pm

      Priscila, compartilho das mesmas sensações que você, e nem tento tantas esperanças de que melhorem. Triste…

      Luan, aí dá pra entender porque o clima entre o Isaiah e a equipe ficou pra lá de tenso, mas ficou mesmo esquisito. São essas decisões que impedem que a gente embarque em Grey’s Anatomy, e que tornam a série menos e menos verossímil.

  9. 25 setembro 2009 às 4:34 pm

    Louis, é por isso que minha paixão pelo blog aumenta a cada dia, haha.

  10. Alex Pizziolo
    25 setembro 2009 às 7:22 pm

    Quando li o começo do texto antes de ter visto o episódio achei que você estava exagerando, mas depois que vi infelizmente tive que concordar…
    Foi uma droga! Muito mal escrito! Que ódio que eu tô! Esse tempo todo pra esses dois episódios corridos, sem pé nem cabeça! A morte de George passando despercebida…
    Eu acho que isso foi uma vingança dos produtores/roteiristas da série para com o autor, tipo pra dar a entender que ele não era tão importante assim e que ele não faria falta…

    • 25 setembro 2009 às 9:05 pm

      Obrigado pelas visitas, Mark!!! 🙂

      Alex, ainda não percebeu que eu sempre tenho razão? huahuahua. Os roteiristas bobearam. Fizeram um episódio chocho e sem foco, numa direção totalmente contrário àquela que os promos apontavam. Fiquei puto também.

  11. 26 setembro 2009 às 3:35 am

    Eu realmente nao achei o episodio legal, foi bem fraquinho! Mas acho que foi mais por causa da correria do que de outra coisa. Parecia mais final de novela da globo (como alguem ja comentou). Tudo aconteceu tao rapido que nem deu pra engolir muito.
    Pois e, George morreu e cada uma das personagens enfrenta o luto bem a sua maneira. A mer menciona os 5 estagios do luto no comeco: a negacao, a raiva, a barganha, a depressao e a aceitacao. Mas me pareceu que a maioria das personagens pulou de negacao para aceitacao, algumas passando por barganha rapidamente, outras por raiva. Exceto a Callie (que viveu cada uma das 5 fases de maneira profunda, dignas de novela mexicana – eu nao a engulo desde que ela entrou na serie), a Bailey foi a personificacao da depressao. A Mer e a Cristina foram horriveis, mas a Izzie… Sei la… Eu esperava tao mais, por toda a historia com o George. Eu esperava raiva, tristeza, ate um suicidio louco, mas essa reacao sem sal… Uma crise de riso e uma briga besta com a menina apaixonada pelo George.
    Diferente de voce, eu achei a trama da menina sem bracos um dos poucos acertos do episodio. Eu nao a associei com o Owen, e sim com os tais estagios da perda. Ela sentiu sozinha (pela perda dela) tudo que os outros personagens deveriam ter sentido pelo George. A negacao, ao nao dizer a verdade pra mae, fingir que continuava viajando, a raiva com aquela tentativa louca de suicidio, a depressao e por fim a aceitacao, quando ela mandou a lexie ligar pra mae dela pra contar a verdade.
    A Lexie me surpreendeu. Acho que quando a gente nao espera nada de alguem, e esse alguem faz algo comovente, funciona.
    E quanto a juncao dos hospitais, bem que podiam ter feito isso depois. Tem toda uma temporada pela frente. Pra que tanta pressa?
    O George virou coadjuvante na temporada passada, e nessa, bem menos do que isso. So esperam que os personagens principais restantes sintam o luto pelo George nos proximos episodios. Ele merece mais do que so isso… Eu, pelo menos, perdi um dos personagens preferidos e queria muito mais do que esses 2 episodios fraquinhos pra fazer a morte dele valer a pena.
    Para falar do geral tambem, desde a 4a temporada que Grey’s anda na corda bamba pra mim. Fico decepcionada com um episodio ruim atras do outro e quando menos espero vem um episodio realmente bom que me faz lembrar pq eu ainda continuo acompanhando e gostando da serie. Mas que saudade da 2a temporada!! =)

  12. 26 setembro 2009 às 3:36 am

    desculpe a falta de acentos, falta providenciar isso ainda!

  13. 26 setembro 2009 às 4:01 am

    Fora fugir do estilo “Grey’s” e dos promos, eles despertaram raiva em todos os fãs da série. Acho impossivel alguém ter realmente gostado daquilo. ¬¬ Nem a pessoa mais idiota e que entendesse menos de séries ia gostar desse episodio se tivesse conhecido GA na antiga forma. ^^

    • 26 setembro 2009 às 12:36 pm

      Karol, você tem a razão, a menina sem braços serviu como metáfora (mais uma!) aos estágios do luto. Por isso mesmo achei forçado quando, além disso, quiseram usá-la como catarse para o Owen (quando ele diz que ela deveria ligar para a mãe dela, mas se referindo ao seu próprio distanciamento da mãe). Não aguento mais isso. Pacientes viverem uma experiência que tem tudo a ver com o momento que os médicos estão passando. Fica over! Compartilho da sua saudade da segunda temporada. Também vou sentir falta do George, que era super gente fina, mas acho que vão deixá-lo pra trás. No máximo vão citar mais algumas vezes e partir pra outra. Devem se focar totalmente na junção do SGH com o Mercy West. Gosto da série, mas tem vezes que penso seriamente em abandonar! E não precisa se desculpar pelos acentos!!! 🙂

      Jecik, Grey’s elevou muito o padrão né. A segunda temporada nos deixou mal acostumados!! Nós sabemos que eles conseguem fazer melhor que isso e nos frustramos.

  14. 26 setembro 2009 às 3:43 pm

    Pis é. Por enquanto, aguardando e torcedo (yn) pra que eles consigam nos fazer relevar essa primeira catastrofe (da temporada).
    (é uma missão impossível, mas a 5 não foi lá essas coisas e no último me faz ficar arrepiada só de lembrar)

  15. 27 setembro 2009 às 8:15 pm

    Ai, assisti só hoje e só não morri de chorar no final pq fiquei com vergonha, hahaha.
    É que eu fiz uma maratona de Grey’s recentemente, da 1a. à 4a temporadas, e eu comecei a ver personagens e atores com outros olhos. Daí que a má impressão causada pela quinta temporada deu uma folga e eu achei esse começo de sexta bastante bonito. Mas lendo as coisas na comunidade, sobre quem sai, quem fica, quem pausa, comecei a repensar… Tá na hora de acabarem Grey’s, né, não tem muito mais pra onde ir.
    Mas achei bonito; quando cada um começa a narrar um pouco nas cenas finais eu não me guentei.

    E, oi. Te vi pela comunidade do orkut e lembrei de te ver na comunidade 1 filme. Gostei do seu blog, tô lendo as reviews de cinema. 🙂

  16. Caroline®
    28 setembro 2009 às 3:06 pm

    Fugi desse seu post até assistir a SP. Também não gostei. Se o mote era a morte do George, quase ninguém ali parecia estar ligando. Só a menina chorona do ônibus e a Miranda estavam realmente de luto por ele. E aquela contagem de dias começou a me irritar num grau, que quase larguei no meio. Vou começar a me despedir de Grey’s, tô sentindo que não vai muito mais longe não….

  17. Roseli Zanella
    28 setembro 2009 às 8:29 pm

    Eu queria mas queria tanto ver essa nova temporada mas acabei vendo só hoje, na verdade acabei de ver e corri aqui pra ver o que vc tinha escrito, vou falar exatamente como estou sentindo… como se não tivesse assistido a nada, é simples assim, com o final da 5ª temporada na cabeça esperando pela 6ª que não veio…

    • 28 setembro 2009 às 11:56 pm

      Quéroul, eu fiz exatamente a mesma coisa nas férias. Vi da primeira à quinta temporada da série, tudo em sequência, para me preparar para o que eu acreditava que seria um grande episódio. Pode imaginar a minha decepção! A série vai ter que rebolar pra continuar digna da minha atenção! E que bom que gostou do blog. Podia ter aproveitado e me adicionado no Orkut! 🙂

      Caroline, concordo plenamente, e fiquei inclusive chocado quando a MI (um dos membros mais ativos da comuna de Grey’s) jogou a toalha. Está abandonando a série, e eu a entendo. Cheguei perto de fazer o mesmo em mais de uma ocasião.

      Roseli, falou bonito. A falta de impacto do episódio é exatamente essa. Chocho, oco, nada. 😦

  18. naah
    30 setembro 2009 às 7:40 pm

    Eu não sei o que foi pior,a ansiedade de ver a 6ª temporada ou ver a 6ª temporada decepcionar ao extremo mta gente.Na minha opinião alem de ser decepcionante o começo de temporada,foi ao menos frio e calculista,pois os outros personagens como a Grey,mini grey,e Izzie nem sentiram tanto assim a morte do George,tanto é que a Izzie qndo soube da morte ficou normal,tá certo que ela quase morreu ms poxa.. antes a Shonda tivesse deixado ela morrer invés do George que seria bem melhor já que o George era um personagem,bondoso,caridoso e atencioso com os outros. E sem flar no começo das outras histórias que iram vir.. como a da Cristina com o Owen que parece agora uma versão egoismo e egoncentria ,e o hospital já se desabando por outros problemas. Ahh se eu pudesse ter uma palavrinha com Shonda e T.R.,aí sim pediria explicações sensatas para esse começo de temporada decepcionante… agora é esperar pra ver se melhora rsrs

    • 1 outubro 2009 às 12:06 am

      Naah, numa coisa concordo terminantemente: se Izzie morresse, eu nem me importaria se o pessoal não sentisse falta, porque eu mesmo nem ligaria! rsrsrs… Agora é torcer pra série melhorar antes que mais gente abandone.

  19. gege
    1 outubro 2009 às 2:21 am

    será q só eu tive a impressao q o George nao morreu???
    pq vejam bem…ninguem confirmou mesmo que era ele, uma manchinha besta na mao??? e pq levantou a duvida de q nao era ele qnd disseram que nao era o pé dele? pq a menina ficou indo lá por varios dias e ela m momento algum viu foto e confirmou se era ele memso…nem a familia dele confirmou se era ele….tem mais ta tudo muito mal explicado esse sumiço dele assimmm,axo q vem coisa por ai no futuro heimmmmm
    bjusss pra todos!

    • 2 outubro 2009 às 3:22 am

      Gege, acho que vocë está em “denial”. Está claro que George morreu mesmo! =/

  20. Lumier
    8 outubro 2009 às 9:41 pm

    To mal. E sim, Gege, eu o vi sendo enterrado. Ou seja…
    Concordo, eles com certeza podiam oferecer um prato de comida aos irmãos O’Maley.
    Afinal, não o enterro de um indigente, era o enterro de um dos personagens mais queridos da série. Grey’s sem a Grey? Parece Malhação. Ou seja sabemos como isso vai terminar…

    • 9 outubro 2009 às 12:38 am

      Lumier, a cena do enterro deixou MUITO a desejar. Podiam ter feito miséria ali!

  21. elaine cristina barrichello campanini
    31 outubro 2009 às 5:25 pm

    Oi pessoal..sou nova por aqui…

    Caraca…vc disse tudo e um pouco mais do que eu diria…criei grandes expectativas com esse 1° episódio e só me decepcionei…Esperava mais emoção,talvez alguns flashbacks do George…mas…nada!!!!!!…Realmente, dá até medodo que pode vir por aí….
    ..
    Ps:Alguém aí curte Cold Case..?

    • 31 outubro 2009 às 7:25 pm

      Elaine, flashbacks eu já não esperava porque sabia que o TR tinha se recusado a voltar para gravar qualquer outra coisa, mas certamente esperava mais emoção e menos frieza!!!

      Quanto a Cold Case, não acompanho, mas se algum dos leitores for fã, tenho certeza que vão responder à sua pergunta! 🙂

  22. Caroline
    31 outubro 2009 às 9:52 pm

    Olá, sempre fui muito apaixonada por essa série, realmente incrivel, mas como todos comentarao , concerteza está meio q perdendo o rumo do que realmente era ”Greys Anatomy”, em fim ou essa será a ultima temporada ou como ja disseram vai virar uma malhação da vida e com o tempo ja não irá ter a mesma essencia ….

    E uma pergunta eu só vi ate o 6º epiosódio.. A Izzi volta ou não ? ? Eu particularmente adoro ela, e o George nossa eu chorei quando deu a entender ser ele, em fim, sobre a saida dele foi o ”Ó” Tipo o sobre ele ter saido foi porq ja nao estav mais se dando com a autora da serie mas, foi muito marcante a saida dele, e a volta na 6 temp, agora com a fusão do outro hospital nossa ta ”brabo de ver ” .. ESPERAMOS Q MELHORE PQ ESSE SERIADO ERA DEMAIS ”

  23. Caroline
    31 outubro 2009 às 9:57 pm

    Resumindo , a serie esta ficando meio q muito triste, antes choravamos,nos emocionavamos , riamos, ate vai dizer que nao ficou muitas vezes ate de madrugada vendo varios episodios um atraz do outro, que chegava ate a sonhar , em fim … nessa nova temporada ta sem aquela emoção , ta uma trsiteza só !!

    ” Saudades da Addison, Do Burk e do George *–* ”

    • 31 outubro 2009 às 10:04 pm

      Caroline, com certeza a última coisa que queremos é que Grey’s se torne uma Malhação rsrs… Quanto a Izzie, ela retorna sim! A Katherine Heigl se ausentou para gravar um filme e ficará de fora de cinco episódios.

  24. Fábia
    1 novembro 2009 às 12:30 am

    Que saco, pq não mataram essa Izzie, mulherzinha chaaaaata!!! Coitado do George, parece que não tinha amigos e que não vai fazer falta pra ninguém. Odiei, se continuar assim paro de ver!!!

    • 1 novembro 2009 às 1:00 am

      Fábia, sua reação é muito parecida com a minha quando vi o episódio pela primeira vez rsrs… Os dois mais recentes, porém, estão me fazendo levar fé na temporada!

  25. Naaty
    22 dezembro 2009 às 1:16 am

    Poxaaa super triste pelo George ter morrido..Ele era o melhor personagem, na minha opniao.. Adorava ele.. Mta sacanageem o q fizeraam.. Nem deram tanta atenção assiim pra ele..Decepição…

  26. Débora
    13 janeiro 2011 às 3:03 am

    eu naum concordo totalmente…amo grey’s anatomy e é claro q teve parte horriveis…mais continua sendo a melhor serie incentivante fantastica que eu ja vi

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: