Início > Cinema > Efeito Borboleta 3 (ou o pior filme do ano)

Efeito Borboleta 3 (ou o pior filme do ano)

Agora é moda fazer continuações baratas de filmes bem-sucedidos, com elenco diferente e trama que só de relance remete à original. É o caso de “Efeito Borboleta: Revelação”, reles fita B que acaba de entrar em cartaz no Brasil. O primeiro da série, com Ashton Kutcher no papel principal, tinha algumas ideias interessantes; era engenhoso, bem estruturado, um passatempo honesto, enfim. Contava a história de um rapaz que se descobre capaz de voltar no tempo – e faz isso para reverter a morte de sua namorada, sem saber que estaria criando um problema de proporções maiores no lugar daquele que remediou. Um misto de drama e ficção científica que teve boa bilheteria e carreira satisfatória em home video.

butterfly-effect-3-1

Já as continuações só pegaram emprestado o título e o dom do protagonista. De resto, mudaram tudo, do personagem à ambientação. Mais ou menos como fizeram com “Premonição”, que aproveita sempre o mesmo conceito em tramas frescas – e de forma muito correta e adequada até então, diga-se de passagem. O problema é que aqui resolveram carregar nas cenas gore, de sexo e violência (a segunda parte foi direto para DVD e essa terceira estreou nos cinemas, tanto de lá quanto de cá, sob censura máxima). E tudo é pretexto para fornicação, nudez frontal feminina, sangue e mutilação, de forma gratuita e revoltante. É o que eu sempre digo: tem que ser muito doente para curtir uma coisa dessas (e ciente das mentes depravadas que podem se instigar com o filme, o roteiro inventa uma personagem que se excita quando o namorado finge estuprá-la!).

O enredo é fraco, mal elaborado, com reviravoltas que você vê dobrando a esquina com dias de antecedência. Não tem história para enrolar sequer por uma hora e meia, mas não se engane: apesar da curta duração, você vai ficar tentado a olhar no relógio de cinco em cinco minutos, se perguntando quando a tortura irá terminar. A direção do desconhecido Seth Grossman é calamitosa. O elenco, uma desgraça (o galã Chris Carmack esteve em “The O.C.” e nada mais é que um canastrão). A montagem, crucial a uma trama cheia de saltos temporais, é amadora (para ser condescendente). Sabe quando não se salva nada? Nem um tiquinho de dignidade que seja? Pois é.

Já me meti em muitas roubadas cinematográficas, mas poucas vezes na vida me deparei com algo tão insuportável, tão grotesco e tão ofensivo quanto “Efeito Borboleta: Revelação”. Fácil, fácil, a pior estreia do ano. Se ainda não me fiz claro, concluo abusando da redundância: o filme é uma bosta. Não veja nem se você é atraído por coisa ruim. É chocantemente horroroso e incoerente, bagunçado, chato, doloroso, retardado, aleijado, óbvio.

Sério… A que ponto nós, seres humanos, chegamos? Por que temos que nos ferir assim?

.:. Efeito Borboleta – Revelação (The Butterfly Effect 3 – Revelations, 2009, dirigido por Seth Grossman). Cotação: E-

Anúncios
Categorias:Cinema
  1. Caroline®
    2 agosto 2009 às 4:41 pm

    Louis, se o filme é esse lixo tóxico, vc devia ter dado um F pra ele!

    • 2 agosto 2009 às 5:08 pm

      Caroline, na verdade eu daria – mas modifiquei esse sistema de notas para ficar mais compreensível e próximo dos brasileiros (assim, E-, que não existe nas ‘grades’ americanas, fica sendo minha nota mais baixa). Nos fóruns internacionais onde eu posto, dei um F maiúsculo, sem dó nem piedade! 😉

  2. 2 agosto 2009 às 11:58 pm

    Eu vi o trailer desse filme recentemente e juro que não entendo por quê insistir em uma franquia que já era ruim (apesar de muita gente adorar aquele primeiro filme, que terror!!!!). Não sei nem por quê você, Louis, se deu o trabalho de conferir esta obra.

    Beijo!

    • 3 agosto 2009 às 8:37 am

      Ka, o trailer já adiantava que seria ruim, mas tinha gostado moderadamente do primeiro filme, ainda não tinha visto o segundo e, por questão de horário, tinha essa hora e meia vagas antes da sessão de À Deriva. Deu no que deu! 😦

      Beijo!

    • Mário Cezar
      10 agosto 2009 às 1:54 pm

      O primeiro filme foi muito bem feito. Um dos melhores filmes que já vi por sinal. Tinha algo que nos fazia querer saber o que iria acontecer posteriormente (ou anteriormente no caso).

      • 14 agosto 2009 às 5:15 am

        Mário Cezar, gosto moderadamente do primeiro filme, e acho que se tivessem seguido com o mesmo protagonista as continuações poderiam ter sido melhores. Desnecessárias, sim, mas melhores!

  3. 3 agosto 2009 às 9:19 pm

    O segundo é ridiculo, nojento e insuportável, mas eu já imaginava de que esse seria pior.

    • 4 agosto 2009 às 12:08 am

      Pois nem quero imaginar a condição de uma possível quarta parte, Mark. MEDA!

  4. saulo
    27 agosto 2009 às 3:32 am

    nunca paassei tanta raiva assistindo um filme maldita hora que pensei em assistir !!!

    • 27 agosto 2009 às 4:21 am

      Não disse, Saulo??? Firme e forte o pior do ano (com G.I. Joe colado em seus calcanhares).

  5. Taísa
    19 janeiro 2010 às 2:07 pm

    Achei o 3 hoooorrivel!
    Sem coerencia nenhuma entre os fatos.
    O final então,nem se fala.
    O 1 foi perfeito,o 2 dá até pra levar,mas o 3…
    Era melhor se não tivessem feito nenhuma continuação.

  6. iara
    27 abril 2010 às 5:42 pm

    o primeiro filme eu achei muito legal mas ainda nao assisti o 2 e 3 mas vou assistir eu acho esse tipo de filme que volta no tempo e muda tudo no futuro legal.
    eu queria saber se o 2 e 3 sao como o 1?

  7. Jácomo
    24 fevereiro 2011 às 3:04 am

    Bom, eu assisti o primeiro, e achei um filme simplesmente fantástico ! Um dos melhores filme que eu já assisti na vida. O 2 eu assisti logo depois, mas achei ele muuuuuito fraco, em comparação ao primeiro. Agora pelos comentários, acho que nem vou perder meu tempo assistindo o 3.

  1. 7 dezembro 2009 às 3:53 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: