Início > Literatura, Top 10 > Top 7: Harry Potter

Top 7: Harry Potter

Dessa vez, o já tradicional top 10 do “Letters from Louis” será um top 7. Outra decisão inédita é que o ranking do dia não envolve filmes ou seriados, mas livros! O tema é muito oportuno: coincidindo com o lançamento do novo Harry Potter nos cinemas, listei os sete volumes da saga de J.K. Rowling por ordem de preferência. Pottermaníacos, não se esqueçam de opinar!

harry_potter_livros

7. A Câmara Secreta: O meu livro “menos preferido” peca pela inação do herói, que só ao final tem maiores chances de salvar o dia. A resolução dos mistérios é satisfatória, mas sua elaboração é cheia de porvires não muito convincentes – e a própria Rowling admite que teve problemas no processo de criação. Ela alega que este foi o mais difícil de escrever, e que já tinha entregado o manuscrito para a editora, mas estava insegura e o pediu de volta para uma revisão de última hora.

6. A Ordem da Fênix: Longo e inflado, com passagens que poderiam ser resumidas ou simplesmente limadas, “A Ordem da Fênix” ainda peca pela sequência final: uma baderna sem tamanho dentro do Ministério da Magia, onde a própria Rowling parece perdida e fora de controle. A morte da vez – a do padrinho de Harry, Sirius – fica perdida em meio a confusão, opaca e sem impacto. Por outro lado, é aqui que conhecemos o maior vilão da série até então: a cabulosa Professora Umbridge. Também divertem as reuniões da AD, onde os alunos se rebelam e treinam feitiços proibidos pelo Ministério.

5. A Pedra Filosofal: O tom infantil é adequado para o primeiro livro da série. Graças a ele, os leitores foram cativados desde muito novos e cresceram junto dos personagens (e Rowling ganhou a admiração de pais e educadores do mundo todo, já que conseguiu o impossível: fazer com que as crianças voltassem a ler, justamente numa fase onde são viciados apenas em videogames e outras atrações). A introdução de Harry Potter, de seus parentes mesquinhos e de um mundo bruxo cheio de possibilidades a se explorar são perfeitinhas. Já J.K. Rowling ainda estava verde, e viria a amadurecer muito como escritora.

4. O Enigma do Príncipe: Mais seco do que os anteriores e livre dos excessos que empataram “A Ordem da Fênix”, “O Enigma do Príncipe” tem a ingrata missão de abrir terreno para o volume posterior. Para isso, deixa pontas soltas e ganchos escancarados para o desfecho definitivo (todos os outros até então tinham deixado questões a serem resolvidas, mas concluíram os assuntos que levantaram). Ainda assim é uma leitura leve e agradável, que começa a dar indícios do que seria evidente no final: que Rowling plantara com cuidado e inteligência certos elementos nos livros anteriores que depois seriam retomados com considerável importância.

3. O Cálice de Fogo: A quarta aventura de Harry Potter é, possivelmente, aquela que tem a trama mais bem amarrada. São diversas histórias e mistérios paralelos, que Rowling desenvolve com maestria sem perder o foco e a fluência da ação central – o torneio envolvendo bruxos de outras nacionalidades e o retorno gradual das forças das trevas. Também chama atenção as dores de crescimento de Harry e a crítica à imprensa marrom.

2. O Prisioneiro de Azkaban: A autora diz que este foi o mais divertido de escrever, e até onde eu me lembro, também foi o mais prazeroso de ler. O desenvolvimento é envolvente e o clímax, que se estende por mais de 100 páginas, tem direito a reviravoltas, lobisomens e viagens no tempo. O bacana é que, se em “A Câmara Secreta” o leitor jamais conseguiria desvendar o mistério por conta própria (já que uma cobra com olhos mortais sequer tinha sido mencionada como possível solução), em “O Prisioneiro de Azkaban” Rowling espalha pistas por toda a narrativa, dando aos mais atentos a chance de decifrar os ‘twists’.

1. As Relíquias da Morte: Uma conclusão com direito a clichês (‘double agents’, passeios ao além, avanço no tempo), mas para fã nenhum botar defeito. Rowling quis dar a Harry Potter uma família, mas foi impiedosa no processo. Não poupou nem os personagens intocáveis que os leitores vieram a amar. Houve mortes esperadas e inesperadas, houve o retorno de cada ser mágico que povoou os outros volumes, e houve pontas que ninguém percebia que estavam soltas até serem amarradas (ou seja, pistas deixadas discretamente por toda a série assumindo seu propósito e provando que tudo estava meticulosamente planejado desde o princípio). Fiquei tão empolgado que só consigo criticar de boca cheia o Epílogo, digno de uma novela da Globo (só faltava colocarem panorâmicas do Cristo Redentor para simbolizar a passagem dos anos).

Fãs de Harry Potter, digam aí: como fica o seu ranking dos livros? Quem nunca leu também pode fazer com os filmes que já assistiu.

Anúncios
Categorias:Literatura, Top 10
  1. lelacastello
    16 julho 2009 às 6:30 pm

    “Epílogo, digno de uma novela da Globo (só faltava colocarem panorâmicas do Cristo Redentor para simbolizar a passagem dos anos).”

    Eu ri alto disso

    E eu só li inteiros os últimos 4 livros, comecei a ler o ‘Câmara…’ mas não aguentei, achei mto chatinho. E o sétimo é meu preferido tb.

    • 17 julho 2009 às 6:44 pm

      Rafaella, se eu não estivesse inconformado com a qualidade desse epílogo eu tb riria descontroladamente!!!! huahuahuahuahuahua…

      (Outra passagem tosca que eu esqueci de citar é quando Rony e Hermione chegam com a Horcrux destruída, já que deram um ‘pulinho’ na Câmara Secreta – que o Rony abriu falando a língua das cobras, imitando o que ouviu o Harry dizer um dia. Essa foi péssima! Rowling, bota essa cabeça pra funcionar!)

      O segundo livro é o mais chatola e, se não o tivesse lido enquanto criança, tenho certeza de que desgostaria muito mais. Mas o terceiro, o quarto, o sexto e o sétimo são só alegria! 🙂

  2. 16 julho 2009 às 11:34 pm

    Meu preferido é “A principe mestiço”, seguido de “A Ordem da Fenix”, que enche muita lingüiça, mas eu adoro mesmo assim… depois vem “Prisioneiro de Azkaban”, que foi meu primeiro livro da série, e até hoje, acho que o mais gostoso e que me deu mais prazer em ler… Depois “Reliquias da morte”, “Cálice de fogo”, “Camara secreta” e por fim “A Pedra filosofal”, que eu particularmente não gosto…

  3. Kamila
    17 julho 2009 às 12:05 am

    Como não li os livros, faço o ranking dos filmes:

    1- O Prisioneiro de Azkaban

    O resto, para mim, é tudo filme ruim!

    Você sabe que acho essa série uma verdadeira enrolação… rsrsrsrsrs

    Beijos!

  4. Tiago
    17 julho 2009 às 2:14 am

    Incrivel, como sua ordem está na mesma ordem que eu prefiro, concordo em tudo menos em questão do Epilogo, mesmo odiando o Epilogo eu acho o melhor livro da série sem hesitar na hora de responder.

    Sim, eu era daqueles que veria Harry realmente morrer, aquele final tragico mesmo. mas tudo bem 😀

    • 17 julho 2009 às 2:48 am

      Régis, acho que é um consenso entre os fãs que O Prisioneiro de Azkaban é o mais agradável! E gosto um tantinho mais de A Pedra Filosofal do que você – embora, lendo o primeiro e o último livro, dê pra perceber o quanto Rowling ainda viria a amadurecer como escritora.

      Ka, que judiação!!!! huahuahuahuahuahuahuahua… Já que você deu uma chance a Crepúsculo, não custa nada arriscar os livros de Harry Potter. Quem sabe o sexto filme te dê novo ânimo? (Isto é, se você gostar!) Beijo!

      Tiago, eu também cheguei a torcer pela morte do Harry a certo ponto, porque eu imaginava que algum membro do trio central iria morrer (e entre ele, Rony e Hermione, não precisava pensar duas vezes). Mas no final das coisas tudo se encaixou bem do que jeito que estava! E viva Harry Potter! o/

  5. 21 julho 2009 às 10:07 pm

    hauehuaehau rindo das semeslhanças entre nossas avaliações! O epílogo do sétimo livro me aborreceu extremamente. Lembro de ter torcido para ser apenas uma tradução mal feita por fãs – li na internet primeiro -, mas dificilmente poderia ser. E é ridículo. Além de uma ou outra incoerência. Acho que meu ranking não ficaria exatamente como o seu, mas é beem parecido, principalmente pelas observações feitas.

    Abraço!

    • 21 julho 2009 às 10:24 pm

      Taiguara, o pior é que eu já li várias fanfics do epílogo que colocam no bolso o final bolado pela Rownling!!!

      Abraço e obrigado pela visita.

  6. 22 julho 2009 às 2:55 pm

    Meu Ranking

    1- Prizioneiro de azcaban
    2- Pedra Filosofal
    3- Ordem da Fenix
    4- Enigma do Principe
    5- Camara secreta

    [não posso divulgar as reliquias da morte , pois não li e nem assisti ainda ]

    • 22 julho 2009 às 3:04 pm

      Recomendo que preencha a lacuna com O Calice de Fogo, Luan!

  7. 23 outubro 2009 às 12:32 pm

    Eu gosto tanto de todos. Releio sempre que possivel.
    Mas sem dúvida, As Relíquias é o melhor. Tudo termina muito bem. (e a estória do Rony ir na Camara imitando o Harry é o fim, mas eu perdoo)

    • 23 outubro 2009 às 9:15 pm

      Hahahaha, falou tudo Jecik. Essa parte foi MUITO tosca, mas o livro em geral é bem amarrado. Uma conclusão satisfatória, onde muitos errariam mais feio!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: