Início > Cinema > Transformers II

Transformers II

Se você vai ao cinema assistir “Transformers: A Vingança dos Derrotados”, a continuação do blockbuster de 2007, já sabe o que te espera: roteiro pavoroso, direção displicente e atuações pífias em meio a efeitos audiovisuais extraordinários. Nada justifica, porém, o baixo nível do humor empregado ali (as piadas envolvem dois cachorros copulando, um robozinho transando com a perna de uma humana, e a mãe do herói ingerindo maconha por acidente), ou o apelo erótico em determinadas cenas (a introdução de Megan Fox, de shortinho em cima de uma motocicleta, é especialmente vulgar e degradante). O fato é que o filme me causou um imenso desconforto, e deixou a certeza de que é inferior ao primeiro – que passava, em seus momentos mais inspirados, por uma aventura honesta e divertida.

transformers

Ainda assim, há de se admirar a equipe responsável pelos efeitos. Eles deram conta de recriar os antigos robôs (e uma porção de outros novos) com o mesmo capricho e talento – um exercício trabalhoso e demorado, que sabe-se lá como, foi completado no impressionante período de dois anos. O resultado enche tanto os olhos que até cansa. Também não é de grande ajuda o roteiro, ainda mais fraco que o do filme anterior; não propõe sequências eletrizantes ou com maiores propósitos, e coloca todos os personagens relevantes numa ampla margem de segurança. O público sabe que nada vai acontecer com eles e em momento algum teme por suas vidas – já que todo mundo se machuca, mas roda a saia, sacode a poeira e continua a luta. (Ironicamente, o único machucado que deixou sequelas não foi previsto pelo roteiro: Shia LaBeouf, que retorna como o mocinho Sam, feriu a mão esquerda num acidente de carro – fora do set. Fez cirurgia – tinha riscos de perder os movimentos – e aparece, da metade para o final do filme, com a mão enfaixada.)

A trama, para quem se importa, dá continuidade ao embate deixado por inacabado no capítulo anterior. Os transformers bonzinhos (“autobots”) ainda vivem entre nós, disfarçados dos mais diversos eletrodomésticos ou automóveis – e os alienígenas robóticos Decepticons continuam motivados a exterminar a raça humana e os heróis que nos protegem. O líder dos Decepticons é reativado e chega à Terra com força total, derrotando inclusive Optimus Prime, o autobot-chefe. Entrementes, o garoto Sam vai para a faculdade (seus pais tem participação mínima e ainda mais caricata) e tem que lidar não só com o colega de quarto inconveniente, mas também com visões repentinas que ele não entende – mas que muito interessam aos Decepticons. Michael Bay, mais espalhafatoso que nunca, dirige a brincadeira. Outro projeto caro (custou mais de 200 milhões, mas deve se pagar em pouco tempo) e exagerado, menos enjoyable que o original, e bem mais vergonhoso também.

.:. Transformers – A Vingança dos Derrotados (Transformers – Revenge of the Fallen, 2009, dirigido por Michael Bay). Cotação: D+

Anúncios
Categorias:Cinema
  1. peelins
    9 julho 2009 às 1:59 am

    AHH, eu até que gostei do filme, mas também não foi TUDO aquilo que MUITA gente afla, mas gostei sim. (: Acho interssante o modo que eles encaixam uma pequena dose de humor na ação que ocorre ao decorrer. Se bem que, se não houvesse as cenas engraçadas, cansaria, não?

    AHH, mas o que me trouxe aqui foi um outro assunto. Louis, lembra-se de Leona – A Assassina Vingativa? Bom, eu vi essa primeira parte aqui no seu blo e ri demais, saiu a segunda parte já, e está muito engraçada — gostei mais dessa do que da primeira —. HIASHASHAHISHAHUS. Assiste e depois poste aqui, se gostar. O que acha? (:

    Flws, parabéns pelo blog.

    • 9 julho 2009 às 4:35 am

      Peelins, o problema é que as tentativas do filme em fazer graça acabaram soando grotescas!! Um humor de péssimo gosto e nível.

      Ao contrário dos hilários videos da Leona!!! 🙂 Vi a “sequência” e ri muito! Teria postado no blog caso não tivesse me ausentado por alguns dias e, quem sabe, dê o espaço nos próximos posts!

      Valeu pela sugestão e pelo elogio!

  2. 9 julho 2009 às 1:21 pm

    A continuação do clássico: http://www.youtube.com/watch?v=TbT7lnfr8-U

    Merece um post com sua opinião.

  3. Gustavo H.R.
    10 julho 2009 às 10:47 pm

    Por preferir confiar no senso comum e desconfiar das atrocidades relatadas logo no primeiro parágrafo, desisti de ver esse filme, mesmo tendo adorado o primeiro.

  4. 11 julho 2009 às 1:51 am

    Se comparado com o primeiro filme, “Transformers 2” é inferior. Os efeitos são sensacionais, o humor cai bem, mas o roteiro é um lixo e se estende demais… Michael Bay tentou tirar leite de pedra.

    Beijo!

    • 12 julho 2009 às 3:08 pm

      Mark, valeu pelo link! Comentarei o vídeo assim que tiver chance! 😉

      Gustavo, estou tentando conferir o máximo de estreias possível nesse ano, então acabaria vendo Transformers 2 eventualmente. Mas não tinha grandes expectativas ao conferi-lo, também – mesmo tendo gostado muito do primeiro.

      Ka, só discordo de quando diz que o humor cai bem. Achei tudo de péssimo gosto! Beijo!!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: