Início > Cinema > Estreias da Semana

Estreias da Semana

Estrearam essa semana nos cinemas brasileiros -: 

a partida

* A Partida (Okuribito, 2008, dirigido por Yôjirô Takita): O longa japonês vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro é ma-ra-vi-lho-so. Tão bonito que nem reclamo da derrota do meu favorito, o francês “Entre os Muros da Escola”. Conduzido com a habitual lentidão do cinema local, “A Partida” não é aborrecido, mas vivo, emocionante e suavizado com pitadas inesperadas de humor. A história: um músico retorna para sua cidadezinha natal depois que a orquestra onde toca é desfeita, e começa a realizar rituais de “passagem” numa casa funerária. Obrigatório pra qualquer ser humano! Cotação: A+

* Duplicidade (Duplicity, 2009, dirigido por Tony Gilroy): Gostei muito deste thriller do diretor e roteirista de “Conduta de Risco”. A narrativa é inteligente (o trailer, fiquem avisados, revela de antemão boa parte das surpresas) e o casal principal, Clive Owen e Julia Roberts, esbanja carisma (embora Julia pudesse ter exigido ser melhor fotografada). Vá esperando por uma comédia leve e bem estruturada que não haverá motivos para queixas. Cotação: B+ 

* Home – Nosso Planeta, Nossa Casa (Home, 2009, dirigido por Yann Arthus-Bertrand): Este nobre e – por que não? – ambicioso projeto do fotógrafo francês Arthus-Bertrand, com produção de Luc Besson, busca conscientizar as pessoas sobre o estado crítico em que o planeta se encontra. As imagens, todas captadas do ponto de vista de cima, são de uma beleza singular, mas o filme em si não é a “tijolada na testa” que foi, por exemplo, “Uma Verdade Inconveniente” – que com muito menos firulas, foi muito mais incisivo, focado e informativo. Cotação: B-

terminator

* O Exterminador do Futuro – A Salvação (Terminator Salvation, 2009, dirigido por McG): A quarta parte da série “O Exterminador do Futuro” é uma fita de ação de qualidade que amarra com competência as pontas deixadas pelos capítulos anteriores. A produção foi conturbada (foi aqui que aconteceu aquele “piti” do Christian Bale, que acabava verbalmente com um profissional – Bale, aliás, assume o papel do protagonista John Connor, mas some diante dos coadjuvantes). O resultado final, contudo, é satisfatório; o filme é ágil, movimentado, com ótimas sacadas do diretor (prestem atenção na movimentação de câmera). Cotação: B-

Você não vai assistir?

Anúncios
Categorias:Cinema
  1. 10 junho 2009 às 3:14 am

    Eu chorei com Okuribito, confesso.
    Muito bom.
    E a trilha sonora de Joe Hisaishi é um primor.
    Terminator é legal.
    Não tenho muita expectativa com esse Duplicidade. Vi o trailer e não gostei.

  2. 10 junho 2009 às 1:32 pm

    Não acho que o novo TERMINATOR se beneficie de maneira nenhuma com a direção caotica e genérica de McG, mas sim da premissa intrigante do roteiro. Quero muito ver DUPLICIDADE, Gilroy é bom com a máquina de escrever e a câmera.

    • 10 junho 2009 às 3:18 pm

      Ibertson, também derramei uma lagriminha, e sem menos esperar! A trilha é realmente espetacular! Já Duplicidade, apesar do trailer não fazer justiça, é bastante interessante e merece ser conferido.

      Gustavo, eu não acho McG esse desastre como diretor. Acho que ele, aliás, é injustiçado. As Panteras – 1 e 2 – não eram tão ruins quanto pintaram, e acho que ele amadureceu bastante nesse projeto (a movimentação da câmera, como eu comentei, é especialmente notável). Já quanto ao roteiro, poderia ter dispensado algumas opções! E não deixe de ver Duplicidade! 😉

  3. 10 junho 2009 às 10:23 pm

    Quero muito ver A Partida.

    Home é um filme sensacional. Gostei bastante das tomadas aéreas e da idéia em geral do filme.

    Abraços!

    • 10 junho 2009 às 10:29 pm

      Ciro, A Partida é a melhor estreia da semana e um dos filmes mais bonitos do ano até agora! Não perca.

      Gostei de Home, mas ainda acho sua ideia melhor que sua execução.

      Abraço!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: