Início > Cinema > O patinho feio em Namorada de Aluguel

O patinho feio em Namorada de Aluguel

Patrick Dempsey é a personificação do patinho feio. Na adolescência era desengonçado, narigudo e esquisito, e depois que amadureceu ficou bonitão, ganhou ares de galã e dá, semana a semana, uma canja para a mulherada como o McDreamy de “Grey’s Anatomy”. Mas o que Deus dá, Deus tira: quanto mais bem afeiçoado Patrick ficava, mais limitado ele se tornava como ator. Tanto que hoje em dia só se presta aos papéis do bom moço, com resultados que variam do irregular ao catastrófico (“O Melhor Amigo da Noiva”, alguém?). Pena; Dempsey era muito mais feliz quando, por falta de opção, acaba interpretando o nerd impopular. No final dos anos 80, sua veia cômica ainda se manifestava e ele ainda tinha desempenhos memoráveis – como no clássico da Sessão da Tarde, “Namorada de Aluguel”.

cantboy

Esta é, sem dúvida alguma, a minha comédia preferida sobre o sistema de castas que rege os colégios americanos (empatado com “Meninas Malvadas”, vai…); pra dar um charminho extra, ainda tem pinceladas de um romance óbvio e previsível, mas bacanérrimo. No filme, o tímido Ronald Miller (Patrick) economiza suados 1000 dólares trabalhando como jardineiro. Ele planeja gastar o dinheiro na compra de um telescópio, mas muda de idéia quando vê a cheerleader Cindy (Amanda Peterson, que deixou a carreira de atriz e hoje é dona-de-casa), por quem sempre foi apaixonado, precisando dessa mesma quantia para comprar um casaco novo para a mãe (ela danificou o antigo por acidente). Ronald surge, então, com uma proposta indecente: ele lhe dará todo o dinheiro e, em troca, Cindy terá que fingir ser sua namorada diante de toda a escola. Ronald pretendia pegar carona na reputação de Cindy e ascender socialmente. Ela concorda resignada, mas começa a se atrair por ele à medida em que o conhece melhor – justamente na época em que Ronald vai moldando a sua personalidade ao mundo dos populares, e deixando de lado os amigos e o seu verdadeiro eu.

Em linguagem gastronômica, “Namorada de Aluguel” equivaleria a um purê de batatas com bife: sem requintes, mas delicioso. Tudo é muito simples e convencional, a temática não é inédita e dá pra adivinhar a conclusão da trama com dias de antecedência. Mas é um entretenimento honesto e um filme com coração – e rins, e fígado, e pulmões – no devido lugar. Dá para ser encarado como um passatempo despretensioso ou, pelos mais engajados, como uma denúncia inteligente a essa hierarquia implícita em todo colegial (um problema sério que não é minimizado por “Namorada de Aluguel”, ao contrário do que acontece nos corredores anormalmente limpos de “High School Musical”). Ser adolescente é sofrimento – e fazer comédia em cima disso com tanto sucesso é coisa que pouquíssimos filmes conseguiram até hoje. Ou seja: pura diversão com ares sociológicos te aguardam!

.:. Namorada de Aluguel (Can’t Buy Me Love, 1987, dirigido por Steve Rash). Cotação: A+

Anúncios
Categorias:Cinema
  1. Gustavo H.R.
    28 maio 2009 às 3:09 pm

    PQP, nunca imaginaria, só de olhar a foto, que o moleque aí é o Patrick Dempsey!
    Aliás, também adoro filmes com esse “tema”, sejam comédias ou dramas, e não conhecia esse. A dica foi boa, vou procurar vê-lo!

  2. 28 maio 2009 às 7:13 pm

    Nossa! Que diferente…
    Nunca imaginei que ele um dia interpretou um nerd, rs!
    E acho que já vi esse filme, não me lembro direito.
    Flw!

  3. 28 maio 2009 às 8:06 pm

    concordo com o Gustavo e o Alex… jamais imaginei que o cara de Namorada de Aluguel fosse o pegador do Greys Anatomy.

    Namorada de Aluguel é mt bom… tá junto de filmes como Goonies, Te Pego Lá Fora e Curtindo a Vida Adoidado… filmes que alegravam nossas tardes! hehehe

    Abraço.

    • 28 maio 2009 às 9:59 pm

      Gustavo, eu já tinha visto o filme várias vezes nos anos de glória da Sessão da Tarde mas também demorei pra ligar aquele nerd feio ao Patrick!! rsrsrs… Tente ver este aqui porque apesar de simples e previsível, é também muito bem feitinho!

      Alex, é capaz que você já tenha visto. Já pensou milhões de vezes na TV Aberta! Mas acho que já tem um tempinho que não reprisam…

      Shaun Red, também adoro esses filmes que você citou! Bons tempos, aqueles em que a Sessão da Tarde não estava tomada por filmes de cachorrinhos falantes e galerinhas que aprontam as maiores confusões! rsrs… Abraço!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: