Início > Top 10, TV > Os Melhores Pilotos da TV

Os Melhores Pilotos da TV

Se você está procurando um ranking de pilotos automobilísticos, errou de blog. Este top 10 é sobre os melhores primeiros episódios das séries de TV, os chamados “Pilotos”. Ora, já que escolhi os melhores ganchos deixados pelos finais de temporada, nada mais justo que fazer, também, a escolha dos melhores pontos de partida. E prometo que muitíssimo em breve virá uma lista especial só sobre cinema, sim? Até lá, já sabe o que fazer: deixe sua opinião sobre os Pilotos, me elogie pelo que concorda, me xingue pelo que discorda e faça sua própria listinha. Vamos nessa (em ordem decrescente, pra ficar mais emocionante):

 

10. Friday Night Lights

friday-night

Mesmo sem entender nada de futebol americano, meu coração ficou disparado com a partida de mais de quinze minutos entre dois times de colegial – que terminou com o astro do Dillon Panthers, Jason Street, sofrendo um acidente e ficando paraplégico, e o então-nobody Matt Sarecen provando a que veio ao substituir o colega como quarterback. Assim começou a série teen mais bacana da atualidade, e a mais realista de todos os tempos.

 

9. The Riches

riches

Minnie Driver foi indicada ao Emmy de Melhor Atriz em Drama por este episódio, onde está mesmo espetacular. Digo mais: tem um dos desempenhos mais impressionantes que vi na TV nos últimos anos. “The Riches” conta a história da família de ciganos que vive de pequenos golpes – até que precisam fugir da comunidade onde vivem, por problemas com o líder corrupto. O episódio termina com os Riches assumindo a identidade de uma família rica, decididos a roubar, agora, o sonho americano. Bom demais!

 

8. Nip/Tuck

Nip_tuck-1

Pesado e ousado, o Piloto de Nip/Tuck atesta, do primeiro ao último minuto, que a série chegou para “causar”. Sean e Christian, sócios da clínica de cirurgias plásticas mais famosa de Miami, são grandes amigos, mas diametralmente opostos. Ainda assim, tem que se unir contra as ameaças de um criminoso latino. A última cena, com um defunto, muito presunto e um pântano de crocodilos, já é um clássico.

 

7. Studio 60 on the Sunset Strip

studio60

O criador do humorístico “Studio 60”, uma espécie de “Saturday Night Live”, surta ao vivo e começa a vilipendiar o próprio programa diante do país inteiro. É demitido, claro. Para substitui-lo, entra o relutante Matthew Perry, antigo roteirista da atração, e o amigo drogado em recuperação, Bradley Whitford. Temos aí o primeiro episódio da única temporada de uma das séries mais bem escritas – e mais subestimadas – de todos os tempos.

 

6. Pushing Daisies

pie-lette

Diferente, super amaneirado, com aquele clima de Amélie Poulain, o Piloto de “Pushing Daisies” me hipnotizou com a história do fazedor de tortas que tem o dom incomum de trazer as pessoas de volta à vida. Com o tempo, perdi a empolgação com “Pushing Daisies”, talvez pela confirmação de seu cancelamento precoce – mas aquele primeiro momento ao lado de Ned, a garota-morta Chuck, as tias esquisitas Vick e Vivian, o detetive canastrão Emerson Codd, a ingênua garçonete Olive e o cachorro Digby ficou guardado com carinho na minha memória.

 

5. Veronica Mars

veronica-mars-2

Que primeiro episódio perfeitinho, o de “Veronica Mars”! Acontece tanta coisa, mas tanta coisa, que parece que comprimiram uma temporada anterior em quarenta minutos. Descobrimos todo o passado da protagonista, sua transformação de garota popular em nerd loser, a possibilidade dela ter sido estuprada numa festa de colégio, a fuga de sua mãe, o assassinato de sua melhor amiga Lily Kane, o trabalho como detetive nas horas vagas, o conflito com a gangue de motoqueiros, o nascimento da amizade com Wallace e mais meia dúzia de ocorridos. Para viciar e não largar mais!

 

4. Six Feet Under

six-feet-under

O drama e o humor negro, elementos essenciais na história da família que administra uma funerária, tornam este primeiro episódio – escrito e dirigido por Alan Ball, vencedor do Oscar pelo roteiro de “Beleza Americana” – um dos mais bem desenvolvidos que eu já vi. Quem viu, talvez se lembre daqueles anúncios que apareciam no início de cada bloco, todos relacionados à preparação de velórios (carros, caixões, formol etc.); uma ótima sacada do Alan que não foi adiante.

 

3. Desperate Housewives

desperate

O suicídio de Mary-Alice, aquela narração post-mortem, aquele subúrbio sinistro, aqueles arquétipos sendo descontruídos. Susan incendiando a casa da Edie, Lynette entrando na piscina para retirar os filhos teimosos, Bree chorando escondida e logo em seguida saindo do banheiro impecável, Gabrielle aparando a grama no meio da noite para encobrir a ausência do amante jardineiro. Ge-ni-al.

 

2. Lost

lost-pilot-one_l

O Piloto mais caro de todos os tempos começa com a já antológica cena do olho abrindo, passa para o desespero das vítimas de um desastre de avião, para a constatação dos personagens de que caíram numa ilha, para um monstro misterioso dando sustinhos e ainda para uma mensagem de socorro, em francês, deixada há 16 anos. Conclusão: a gente prende a respiração do começo ao fim e fica doente pelo episódio 2 quando os créditos aparecem. Emmy de Melhor Direção para J.J. Abrams.

 

1. Twin Peaks

laura_palmer

Até hoje, não terminei de ver a bizarra série idealizada por David Lynch. Comecei a segunda temporada, mas a trama estava cansativa e sem a mesma voltagem da primeira (que teve apenas oito episódios, todos impecáveis). Este primeiro apresenta, um a um, os personagens peculiares da cidadezinha de Twin Peaks – pessoas aparentemente normais, mas que também tem algo a esconder. E todos parecem estar interligados, de alguma forma, com o assassinato da jovem Laura Palmer. Aquela primeira cena com o corpo de Laura envolto no saco plástico é de arrepiar! (Aliás, faltou colocar “Twin Peaks” na lista de melhores finais de temporada! Bobeou, Louis…)

 

Menções honrosas a Pilotos ótimos que não deu pra encaixar: “Breaking Bad”, “Prison Break”, “Dexter”, “Damages”, “Ugly Betty”, “Roma” e “My So-Called Life” também tiveram primeiros episódios brilhantes, que me intrigaram e ficaram comigo por muito tempo. Que tal dar uma olhada quando não tiver nada melhor pra fazer?

Anúncios
Categorias:Top 10, TV
  1. 26 maio 2009 às 11:38 am

    De todos esse só conferi o Piloto de Lost. Realmente é muito bom!
    E pensar que o Jack era para morrer no final do piloto, de acordo com o roteiro inicial.

    Abs!

  2. 26 maio 2009 às 4:37 pm

    Esse piloto de Twin Peaks é mesmo um verdadeiro clássico. Tenho a série inteira gravada em DVD e gosto de assistir sempre que posso. A segunda temporada, como vc falou, é meio frustrante. E fica sem um final muito FINAL…. Mas só pela primeira temporada já vale. E como!

    Abraços!

  3. Roseli Zanella
    26 maio 2009 às 4:47 pm

    Engraçado do seu top 10 eu só assisti o de desperate, nem lembrava que tinha acontecido isso tudo no piloto e eu comecei a assistir essa série no meio da 1ª temporada pela sony me apaixonei aluguei a temporada toda assim que saiu, nem da pra acreditar que uma série que começou assim terminou a 5ª temorada do jeito que terminou, lamentável. Agora fiquei com vontade de ver alguns desses outros, A sete palmos eu já tenho aqui no micro.
    Valeu pelas dicas como sempre 😉

  4. markhewes
    26 maio 2009 às 6:21 pm

    O piloto de Damages é impecável e o de Nip/Tuck é o meu favorito. Que clichê, porque ambas são minhas séries favoritas, haha.

  5. markhewes
    26 maio 2009 às 6:31 pm

    Esqueci de dizer que o de Lost me surpreendeu, fiquei fascinado pela série ao assistir o Piloto e eu pensava que não poderia perder uma temporada da série e ver todos episódios assim que fossem lançados, pena que apartir da 3ª temporada eu perdi todo esse entusiasmo. O mesmo aconteceu com Pushing Daisies que me fascinou com seu Piloto e primeira temporada e hoje nem acompanho mais a série, não por ter se tornado um produto ruim, mas sim porque perdi o interesse. O piloto de Six Feet Under trouxe a minha cabeça que deveria ver todos episódios de todas temporadas o mais rápido possível e foi o que aconteceu, hoje é minha terceira série favorita e já ficou entre primeira e segunda. O de Desperate Housewives é tão gostoso de assistir e simplesmente genial. O de Nip/Tuck é o meu preferido por ter conseguido mostrar o que a série é em apenas um episódio, tudo que está ali no piloto muito bem escrito e dirigido por sinal mostra o que a série é ou pelo menos o que foram as duas primeiras, está ali no primeiro episódio. Tem até um clima HBO na estréia de Nip/Tuck e hoje a série é totalmente diferente. Espero um drama como o do Piloto no final da série. Damages foi paixão a primeira vista também, simplesmente perfeito, o final é surpreendente e brilhante. Falar de séries é tão bom, haha. É uma pena que Grey’s Anatomy teve um piloto fraquinho. Me falaram que a série era perfeita e quando fui conferir o primeiro episódio fiquei decepcionado, só no final da segunda temporada que vi o potencial da série que não foi apresentado em seu primeiro episódio. Mas recentemente tivemos um excelente final de temporada dessa série, não é mesmo? hehe

  6. markhewes
    26 maio 2009 às 6:35 pm

    Seria interessante um top 10 de melhores temporadas e um de piores.

    • Roseli Zanella
      26 maio 2009 às 8:14 pm

      Gostei da sua idéia markhewes, agora eh com vc Louis 😉

  7. Alex Pizziolo
    26 maio 2009 às 8:46 pm

    Desses pilotos mencionados no Top 10, só assisti a três: o de Lost, o de Desperate e o de Pushing Daisies! Concordo com tudo o que você comentou sobre ambos!
    Em breve estarei conferindo outros pilotos desses mencionados aí (FNL, SFU, VM, etc). E concordo que os pilotos de “Damages”, “Dexter” e “Ugly Betty” são ótimos mesmo!
    E o melhor piloto pra mim é, sem dúvidas, o de Lost!

    • 26 maio 2009 às 10:39 pm

      Ramon, obrigado pela informação etílica! Não sabia que o Jack deveria morrer no Piloto original! Abraço.

      Ciro, concordo. A primeira temporada é inesquecível!! Já a segunda, que eu sequer terminei de ver, dá uma decaída drástica. Ou seja, estou sem saber quem matou Laura Palmer até hoje! rsrsrs… Abraço!

      Roseli, eu tive a sorte de pegar Desperate desde o começo – vi o Piloto e me apaixonei de imediato. Não perdia a season 1 por nada!! É muito triste mesmo a franca decadência da série, da temporada 2 em diante (salvo alguns bons momentos em meio a isso, claro). E A Sete Palmos é a minha série favorita, de muito, muito longe!! Quanto ao ranking das temporadas completas que o Mark sugeriu: prometo que farei muito em breve! 🙂

      Mark, belo comentário! É muito bom falar sobre séries, né? Percebi que é isso que os leitores do blog mais gostam e estou dando ultimamente mais ênfase a isso do que aos filmes. Eu adorei o Piloto de Damages – não chegou ao meu top 10 mas é excelente (só que, comparado ao que a temporada viria a ser, eu não poderia adiantar, pelo primeiro episódio, o quão genial ficaria). Já Grey’s Anatomy teve um Piloto apenas bom, assim como The Sopranos, que é uma puta série mas com um primeiro episódio apenas ok. E como comentei com a Rose, vou ouvir a sugestão e fazer uma lista de melhores temporadas em breve! 🙂

      Alex, veja todos esses aí sem medo – quando eu te recomendei alguma coisa ruim? rsrsrs… E tente ver qualquer dia o Piloto de Twin Peaks, só pra ter o gostinho do quanto era genial!

      • 28 maio 2009 às 5:14 pm

        Agradeço a Rose por ter gostado da sugestão também. Mal posso esperar pelo top. Eu queria fazer um de melhores episódios, mas vejo menos séries que você, então não teria muita emoção fazer, haha. Só sei que de Nip/Tuck eu colocaria “Sal Perri”, é o meu episódio preferido da série.

  8. Michael
    26 maio 2009 às 10:40 pm

    Assisti quase todos, só não concordo muito, hehe. Que saudades de The Riches deu, o piloto foi realmente ótimo, assim como a primeira temporada inteira 😀

    Six Feet Under e Lost também começam muito bem, assim como Dexter, Damages, Prison Break, mas o melhor piloto de todos os tempos na minha opinião é de Alias!

    • 26 maio 2009 às 10:43 pm

      Michael, todo mundo elogia muito este Piloto de Alias, mas eu só vi a série espaçadamente e nunca cheguei a conferir o primeiro episódio! Um dos meus pecados televisivos que vou tentar reparar em breve! 😉

  9. 27 maio 2009 às 12:17 am

    Louis, adoro os pilotos de “Nip/Tuck” e “Pushing Daisies”, pena que as séries se perderam pelo caminho…

    Já “Six Feet Under” só fui gostar do piloto quando fiz uma revisão. Na primeira vez achei tudo muito estranho e louco!

    Acho o primeiro episódio de “In Treatment” sensacional, poderia ter sido mencionado =)

    • 27 maio 2009 às 12:44 am

      Matt, eu me apaixonei de imediato por SFU. Aquele final com o Nate no ponto de ônibus sempre me arrepia! Já In Treatment, apesar de ter um excelente primeiro episódio, foi todo encomendado pela HBO previamente – preferi listar os Pilotos filmados antes por outros estúdios e depois vendidos para as emissoras, onde tiveram carta branca! 😉

  10. 27 maio 2009 às 12:42 am

    Assisti a todos os pilotos citados, exceto o de “Twin Peaks”. Para mim, um bom piloto é aquele que me desperta a vontade de continuar acompanhando a série e que me mostra que eu estou prestes a embarcar no relato de algo que promete ser especial. E, cada vez mais, é raro encontrar isso hoje em dia!

    Beijo!

    • 27 maio 2009 às 12:43 am

      Concordo plenamente, Ka. E senti exatamente isso com todos os citados acima. Fiquei louco pelo episódio dois quando os créditos apareceram!!!

      Beijo!

  11. shaun red
    27 maio 2009 às 1:18 am

    cara, excelente tópico.

    dps vou ler com mais atenção, mas concordo com boa parte desses. so q o de friday night lights estaria mais acima numa lista minha.

    e vc viu o piloto da série THE BLACK DONELLYS? é algo lindo, excelente… parece um poderoso chefão TEEN, ou algo assim…

    pena que a série não soube manter o nivel.

    Abraçao

  12. Vinícius P.
    27 maio 2009 às 1:57 am

    Gosto muito do piloto de “Twin Peaks”, mas acho que o de “Lost” é insuperável, sem dúvida um dos melhores momentos da TV. E não sei exatamente o motivo, mas adoro o início de “Grey’s Anatomy”. Muito bom ver “Pushing Daisies” e “FNL” aqui. Ótima lista!

    • 27 maio 2009 às 8:50 am

      Shaun, você tb é fã de Friday Night Lights, né? Acho a série um espetáculo!!! 🙂 Nunca vi essa série que você comentou, mas pela sua descrição parece, ser, no mínimo, incomum! Vou tentar conferir o primeiro episódio quando vagar um tempinho. Abraço!!

      Vinícius, foi difícil optar entre Lost e Twin Peaks! O nível dos dois é muito próximo. Quanto a Grey’s, eu também gosto do Piloto, mas pelo episódio, não tive a sensação de que seria tão boa, e sim só outra série médica bacana. E foi crescendo bastante, dentro de muito pouco tempo!

  13. 29 maio 2009 às 5:19 am

    LOST e SIX FEET UNDER são meus preferidos. Pilotos geniais – bem como o resto. Mas o piloto de Desperate Housewives é mesmo genial.

  14. 31 maio 2009 às 1:31 pm

    Um pecado vc ter deixado o “Pilot” de “Damages” de fora… Acho que na minha lista até conseguiria um Top 3…

    E apesar de “Six feet under” ser uma das minhas 5 séries favoritas, achei de longe o “Pilot” o pior episódio da 1° Season…

    O “Pilot” de “Lost” realmente é antológico… pena que de 2 temporadas pra cá, Lost tenha se tornado um dos piores lixos que a TV exibe atualmente… a última coisa boa que Lost entregou, foi o estupendo e que ainda hj me deixa boquiaberto, final da 3° temporada… porque depois foi só ladeira abaixo…

    • 31 maio 2009 às 6:14 pm

      Régis, meu único problema com o Piloto de Damages é o mesmo que você tem com o primeiro episódio de Six FeetUnder: é apenas mediano quando comparado com o restante da temporada. Já Lost, apesar de também me irritar ocasionalmente, está longe de ser um lixo.

  15. Diogo Andrada
    6 setembro 2009 às 6:02 pm

    Cara show mesmo o pilot de lost é o meu prefirido e o de Veronica Mars tambem é exelente gamei nessa serie quando vi, mas pow na minha opinião o piloto de HEROES tambem é muito bom um dos melhores. VLW

    • 6 setembro 2009 às 7:03 pm

      Diogo, Heroes teve um ponto de partida interessante, com as ideias certas, mas se perdeu tanto na execução que achei que não merecia inclusão.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: