Início > Top 10 > Top 10: As mortes mais chocantes da TV

Top 10: As mortes mais chocantes da TV

Que saudade de montar um lindo top 10 para ser discutido com os leitores! Dessa vez, enumero – em ordem decrescente, para ficar mais emocionante – as mortes mais surpreendentes ou simplesmente tristes que testemunhei nesses muitos anos de fã das séries de TV. Foram milhares de episódios conferidos, e durante esse tempo, tive o desprazer de me despedir de muitos personagens queridos, mortos pelos roteiristas sem dó nem piedade (seja por problemas pessoais com os atores, seja pela necessidade de tal tragédia para que a trama progredisse). Obviamente, a lista está de acordo com os programas que eu vejo – logo, mortes super badaladas como a da mulher de Jack Bauer em “24 Horas” ou da Marisa de “The O.C.” não ganham espaço. Acompanhe o post com cautela para se preservar dos spoilers (embora praticamente todos da lista já tenham sido exibidos na TV brasileira, portanto não constituindo um estraga-prazeres). Vamos nessa:

.

10. Tara em “Buffy, A Caça-Vampiros”

A morte da namorada de Willow, por uma bala perdida cravada no peito, pegou todo mundo desprevenido, e botou fim ao casal lésbico mais adorado da História da TV. Foi imprescindível, porém, para a transformação de Willow de uma bruxa do bem numa bruxa das trevas revoltada e vingativa.

.

9. Judith em “Joan of Arcadia”

Num dos episódios mais dolorosos que já assisti, a melhor amiga de Joan é assassinada por traficantes – algo que, obviamente, abalará profundamente a protagonista e seus amigos, a ponto da primeira questionar sua própria fé. Um remédio amargo, mas necessário, considerando o estofo espiritual da série.

.

8. Chris em “Skins”

Antes de se tornar banal, a série inglesa “Skins” era conhecida como um retrato ousado e corajoso da juventude. Muito graças a esses elementos, a morte de um dos personagens na reta final da segunda temporada (e tudo o que se seguiu a isso, como a fuga da colega que encontrou o corpo ou o luto compartilhado pelo grupo) atingiu o status de inesquecível.

.

7. Amber em “House”

Quando fui apresentado à fria e calculista Amber no início da quarta temporada de “House”, se alguém me dissesse que eu choraria, meses depois, pela morte daquela bitch, eu riria da cara de tal pessoa. Pois essa morte foi tão bem justificada, e firmou tão bem o caráter da personagem (da mesma forma com que trouxe consequências sérias para os demais), que acabou me tocando muito!

.

6. Rita em “Dexter”

Os roteiristas foram cruéis com a esposa do personagem principal, justamente quando tudo parecia tranquilo e solucionado – mais ou menos as mesmas circunstâncias em que Teri Bauer foi assassinada em “24″. Um grande momento que elevou nossa percepção da discutível quarta temporada de “Dexter”.

.

5. George em “Grey’s Anatomy”

Tendo ou não matado a charada da identidade do Desconhecido, foi impossível não se comover com o desfecho de George, o loser que tanto nos tinha entretido em “Grey’s Anatomy”. Nos bastidores, a causa da morte foi a insatisfação do intérprete T.R. Knight com seu tempo em cena; na ficção, foi vítima de um atropelamento violento, que o deixou desfigurado e irreconhecível para os próprios amigos.

.

4. Christopher em “The Sopranos”

Considerada por muitos a melhor série de todos os tempos, “The Sopranos” evitava todo e qualquer artifício sensacionalista. Sequer reservava a morte dos personagens para os finais de temporada, como costumam fazer os outros programas. Esses grandes eventos vinham camuflados em episódios comuns – e ficamos arrepiados com os assassinatos de Ralph, Adrianna, e principalmente Christopher, o mais constante dos coadjuvante, descartado alguns capítulos antes do final definitivo.

.

3. Anna Lucía e Libby em “Lost”

A série é ponderada pela morte de personagens de destaque, mas nenhuma soou tão inesperada quanto à de Libby e Anna Lucía, assassinadas em conjunto por Michael sem que nada apontasse para essa solução. De arrepiar!

.

2. Nate em “Six Feet Under”

“Six Feet Under” foi a série que melhor lidou com questões sobre vida e morte. Os indícios do falecimento do protagonista na reta final da série vinham sendo plantados alguns episódios antes da concretização. Quando ocorreu, no entanto, foi nada menos que devastador – e abriu alas para um episódio magnífico, em que a família despedaçada lamenta a perda à sua maneira.

.

1. Buffy em “Buffy, A Caça-Vampiros”

No episódio “The Gift” – o centésimo da série e último da quinta temporada -, a heroína Buffy tem de se sacrificar para salvar o mundo de mais um apocalipse. Matar a personagem-título foi de uma bravura sem tamanho, por mais que a ressurreição seja perfeitamente possível no universo em que a história se situa. O encerramento com o túmulo de Buffy, onde se lê o epitáfio “Irmã amada, amiga devota, ela salvou o mundo várias vezes”, é de partir o coração e de deixar todo e qualquer seguidor indignado.

.

Algo mais a acrescentar?

CategoriasTop 10
  1. 26 fevereiro 2010 às 12:16 am | #1

    ai, coléuga. a morte da Ana Lucia eu comemorei com fogos! não aguentava aquela personagem, não suporto Michelão… a Libby foi de embrulho, coitada,, mas lembro como o povo sofreu com a morte de uma personagem que podia render horrores, né (será que na sexta eles botam ela de volta? não leio spoilers, hihihi). do resto de sua lista, só a da Amber que eu queria ver, porque eu sempre perdi esse capítulo.
    o George foi triste, e teria sido mais triste ainda se a gente não fosse vendo ele ser morto a cada episódio naquela temporada. acabaram com a personagem antes de atropelar. isso sim foi triste.

  2. Pam
    26 fevereiro 2010 às 12:31 am | #2

    Saudade de comentar aqui! :-)
    Querido, eu até concordo com suas escolhas, mas mudaria algumas posições. ^^’
    Depois venho tagarelar!
    beijão!

    • 26 fevereiro 2010 às 12:53 am | #3

      Quéroul, a morta de Ana Lucia entra pelo fator “surpresa” e não tanto pelo sentimento. Fiquei passado em Cristo, nunca imaginei que aconteceria naquele momento e daquela forma. E deu uma dózinha da Libby, que entrou de gaiato e deixou o pobre Hurley desolado. Os episódios da morte da Amber (o final de temporada duplo de House) são sensacionais. E o desfecho do George me pegou em cheio. O personagem andava sendo muito excluído, mas amadurecia aos poucos, estava descobrindo sua especialidade em trauma e deixando de ser um loser para se tornar um sujeito digno de respeito (o que culminou lindamente com a atitude heróica que levou à sua morte). Triste mesmo foi a trama dele na quarta temporada, quando se envolveu amorosamente com a Izzie! Eca.

      Pam, por que não vem com maior frequência, bobinha? ;) Fico te esperando! Beijão.

  3. 26 fevereiro 2010 às 2:15 am | #4

    Vale suicidio? huashuashuas. Achei triste o da Kimber em Nip/Tuck, sempre que vejo a cena sinto alguma coisa. Boa direção do Tate Donovan.

  4. 26 fevereiro 2010 às 2:16 am | #5

    Da sua lista adoro a do George e a do Nate sem dúvida é a melhor da TV pra mim.

  5. 26 fevereiro 2010 às 2:25 am | #6

    Louis, quero dizer que seu blog continua o meu preferido, não tem um dia que fico sem passar por aqui, impressionante, huashuasha.

    • 26 fevereiro 2010 às 2:46 am | #7

      Mark, you’re the sweetest thing! Um dos meus leitores mais cativos e favoritos! :) O suicídio da Kimber foi tristinho, mas cheguei à conclusão de que era mesmo a melhor saída para a personagem (e necessário para que a trama dos dois protagonistas não ficasse naquela mesmice). Donovan se saiu muito bem como diretor (aliás, a morte dele em Damages, ainda que não esclarecida, talvez merecesse desde já uma menção honrosa nesse meu top). A do Nate foi mesmo sufocante. Mas espere só até chegar na quinta temporada de Buffy! o/

  6. Felipe Ventura
    26 fevereiro 2010 às 2:54 am | #8

    Em “Buffy, a Caça-Vampiros”, no episódio em que a Tara morre, ela aparece pela primeira vez na abertura dda série. Todo mundo achou que ela finalmente seria parte totalmente integrante da série – e de repente ela morre. Muito bem, Sr. Whedon, muito bem feito.

    E no episódio em que a Buffy morre, eu chorei. #prontofalei

  7. 26 fevereiro 2010 às 3:11 am | #9

    TRISTE FOI LER ESSE POST … RS

    • 26 fevereiro 2010 às 1:19 pm | #10

      Felipe, eu super me lembro disso, fiquei super empolgado de ver a Tara na abertura!!! Judiação, era uma das minhas personagens favoritas! :( E CLARO que a morte da Buffy me levou às lágrimas rsrsrs…

      Jack, fique triste não!!

  8. 26 fevereiro 2010 às 7:17 pm | #11

    Louis, fiquei feliz em saber que sou um dos seus favoritos. E Buffy, não me mate, mas quando meu amigo veio pra São Paulo, eu dei uma parada e até agora não retornei. Mas assim que pegar a segunda temporada pra ver vou até o fim da temporada, só não digo da série porque tem muitos episódios pra baixar e só costumo baixar séries atuais, um episódio por semana. Pode me chamar de preguiçoso, husahusahuas.

    • 27 fevereiro 2010 às 2:11 am | #12

      Ai quase perdeu o favoritismo depois dessa! huahuahua… Kidding! Buffy é vida, super corra atrás que mesmo sabendo das mortes, vai chorar bicas quando chegar nelas!

  9. markhewes
    28 fevereiro 2010 às 1:20 am | #13

    Hauhashusausaus, calma, vou ver sim, depois dessa, eu tenho que ver, hahahaha.

  10. Matheus
    13 março 2010 às 10:17 am | #14

    Faltou a do Ryan Chapelle em ’24′

    • 13 março 2010 às 7:26 pm | #15

      Mark, está vendo, né?? :)

      Matheus, como comentei a cima, só considerei as séries que assisto, e 24 Horas não é uma delas.

  11. Adriana Marcela
    23 abril 2011 às 6:27 pm | #16

    Fiquei tão triste qdo fiquei à par q George morreu, eu amo grey’s Anatomy, mas o George era o meigo, simpático, sentimental, bonito,amigo…E simplesmente nos é tirado da série, poxa!!!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: